Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Walter Bertolazzo (Cadeira No. 81)

Membro Titular

Secção de Ciências Aplicadas à Medicina

Cadeira No. 81 - Patrono: Eduardo Chapot-Prévost

Eleito: 27/10/1988 - Posse: 18/04/1989 - sob a presidência de Aloysio de Salles Fonseca

Saudado por: Pietro Novellino

Antecessor: Carlos Cruz Lima

Falecido: 11/07/1993

Nascido em 06 de setembro de 1928, em Mogi-Mirim (SP).

Filho de Adolpho Bertolazzo e Anna Todarelli Bertolazzo, formou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina Ciências Médicas do Estado do Guanabara (1955), hoje Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), tendo feito o curso primário em Mogi-Mirim, o ginasial em Itapira e o científico em São João da Boa Vista e em Campinas. Ainda como aluno de Curso Científico, lecionou no curso secundário.

Foi monitor de Anatomia, tendo frequentando, durante o curso de graduação, na Santa Casa de Misericórdia, a 13ª Enfermaria (Dr. Darcy Monteiro), a 4ª Enfermaria de Clínica Médica, Serviço de Ginecologia (28ª Enfermaria) e o Hospital Getúlio Vagas. Em 1955 foi aprovado em concurso para Auxiliar Acadêmico, na Assistência Municipal. Foi, ainda, interno Efetivo da Santa Casa de Misericórdia e da Maternidade Clara Basbaum.

Exerceu as funções de Assistente no Serviço de Cirurgia da 13ª Enfermaria da Santa Casa, sob a direção de Darcy Monteiro e de Cícero Monteiro, de 1956 e 1958.

Em 1960 fez concurso para Médico da Petróleo Brasileiro S/A, tendo sido classificado em primeiro lugar.

Conquistou bolsa de estudos de pesquisas na França, Hospital Bichat, Serviço do Professor Jacquer Hepp, em Paris, de 1966 até 1967. Lá defendeu tese sobre “Duodeno Pacreatectomia Cefálica por Pancreatite Crônica Calcificante”. No período de 1970 a 1976, trabalhou na 1ª Cadeira de Clínica Cirurgia, do Professor Lucio Galvão.

Por meio de concurso, foi nomeado médico da Secretaria de Saúde de Estado da Guanabara e designado para o Hospital Carlos Chagas, onde permaneceu de 1971 até 1976.

Professor Assistente, em 1971, de Anatomia do Departamento de Biomorfologia da Escola de Medicina da Fundação Souza Marques. Exerceu a representação docente junto à Congregação, sendo designado, em 1976, Professor Adjunto e, em 1980, Professor Titular Regente.

Em 1977, foi aprovado no concurso para Livre Docente da Disciplina de Anatomia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em 1974, foi aprovado também no concurso para Livre Docente da mesma Disciplina na Universidade do Rio de Janeiro e, em 1976, no concurso para Livre Docência em Cirurgia Gastroenterológica do departamento de Cirurgia Geral da Universidade Federal Fluminense.

Fez 63 cursos de atualização e aperfeiçoamento em Sociedades Médicas, Centros de Estudos e no Colégio de Cirurgiões sobre Radiologia, Cirurgia, Gastroenterologia, Urologia, Neurocirurgia, Citologia, entre outros. Participou de várias comissões de seleção para os cursos de Mestrado. Ministrou 22 cursos, para graduados e pós-graduados, cursos de extensão universitária, em geral sobre anatomia e anatomia médico-cirúrgica. Realizou 169 palestras em diversas instituições médicas. Coordenou, organizou e dirigiu 40 cursos em instituições médicas.

Publicou 3 teses e 63 trabalhos, participando da publicação de diversos livros didáticos. Participou de 42 congressos e Simpósios nacionais e estrangeiros, além de 28 jornadas médicas em vários Hospitais do Rio de Janeiro.

Conquistou os Prêmios “Benjamin Baptista” (em 1978, 1979, 1980); “Nina Rodrigues” (1980) e “Jorge Soares de Gouvêa” (1985).

Pertenceu à 11 Associações Científicas.

Faleceu em 11 de julho de 1993.