Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Ruy João Marques (Cadeira No. 12)

Membro Titular

Secção de Medicina

Cadeira No. 12 - Patrono: Pedro de Almeida Magalhães

Eleito: 18/08/1988 - Posse: 04/10/1988 - sob a presidência de Aloysio de Salles Fonseca

Saudado por: José Rodrigues Coura

Antecessor: José Augusto de Barbosa Aguiar

Falecido: 12/06/1993

Nasceu em 18 de janeiro de 1917, em Recife (PE).

Filho de Antônia Cavalcanti de Albuquerque e do Dr. João Paulino Marques Júnior e registrado como Ruy Cavalcanti Marques.

Seu pai é considerado o primeiro médico negro a praticar a profissão em Pernambuco. Consta que foi também um dos fundadores da Faculdade de Medicina do Recife.

Graduou-se em Medicina pela Faculdade da Bahia. Conquistou os títulos de Doutor em Medicina e Doutor em Medicina na área de Doenças Tropicais e Infectuosas, de Universidade Federal de Pernambuco.

Conquistou o 2° lugar no Concurso Vestibular para a Faculdade de Medicina do Recife, em 1933. Completou sua formação profissional e intelectual na University of Pennsylvania (EUA) e na Université de France, em Paris.

Durante o Curso Médico, estagiou em Serviços de Clínica Médica, especialmente no do Professor João Amorim, onde, em 1938, foi nomeado Interno Oficial por indicação do Catedrático.

Sua brilhante carreira universitária culminou com a conquista, em concurso público de Títulos e Provas, do cargo de Professor Titular da Clínica de Doenças Infectuosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da UFPE, em 1956.

Além de sua vasta atividade docente e de pesquisa, o Acadêmico realizou tarefas administrativas de maior relevância da UFPE, podendo-se salientar: Fundador e Diretor do Instituto de Medicina Tropical de Faculdade de Medicina da UFPE; Presidente da Comissão de Ensino, Residência e Estágios do Hospital de Clinicas da UFPE; Presidente da Coordenação de Ensino e Pesquisa do Hospital das Clinicas da UFPE; Chefe do Departamento de Medicina Tropical da UFPE; Presidente da Comissão de Pós-Graduação da FMUFPE; Diretor interino da FMFPE e Pró-Reitor para Assuntos de Pesquisa e Pós-Graduação e para Assuntos Culturais e Intercâmbio Científico.

Foram inúmeras as bancas examinadoras das quais fez parte, arguindo candidatos em concursos da carreira docente em todos os níveis, de Professor Auxiliar a Professor Titular, bem como em concursos de Mestrado e Doutorado, tanto na UFPE quanto em diversas outras universidades brasileiras.

Em sua formação científica e cultural, foram relevantes as experiências adquiridas nos Cursos de Aperfeiçoamento feitos no Brasil e no Estrangeiro, especialmente o Curso de Gastroenterologia do famoso Professor Henry L. Bockus, na Escola de Medicina da Universidade da Pensilvânia; os de Patologia Digestiva na Faculdade de Medicina da Universidade de Paris e o Estágio Clínico no Serviço do Professor Antonio Laporte no Hospital Claude Bernard de Paris, para doentes contagiosos.

No Brasil fez aperfeiçoamento em Parasitologia, Tisiologia, Radiologia, Endocrinologia, Cardiologia, Psicologia Médica, Nutrição, Doenças do Aparelho Digestivo, entre outros, tanto em Recife, como em São Paulo e Rio de Janeiro.

Teve intensa participação em instituições científicas nacionais e estrangeiras, perfazendo o total de 52 Associações. Foi Vice-presidente da Academia Pernambucana de Medicina e do Instituto Pernambucano de História da Medicina e Ciências Afins, e consultor da Louisiana State University (EUA).

Ruy Marques contribuiu para o desenvolvimento e avanço da medicina pernambucana, tendo como base seus estudos e pesquisas, tendo grande destaque nacional e internacional.

Publicou, entre outros livros, “Lições de Vida e Outras Lições”; “Romance em Preto e Branco”; “Elogio da Doença e Outros Elogios”; “Casa-Grande & Senzala, Gilberto Freyre e a Medicina”; “Saúde e Nordeste”; “Medicina Tropical”; “Algumas Epidemias e seus Heróis em Terras Pernambucanas”.

Na ocasião de sua candidatura a Membro Titular da Academia Nacional de Medicina, apresentou memória intitulada “Esquistossomose Mansônica Urbana: alguns Aspectos Epidemiológicos e Clínicos”.

Faleceu em 12 de junho de 1993.


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150