Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Rolando Monteiro (Cadeira No. 68)

Membro Titular

Secção de Cirurgia

Cadeira No. 68 - Patrono: Arnaldo Tertulianno de Oliveira Quintela

Eleito: 08/05/1941 - Posse: 29/05/1941 – Sob a presidência de Aloysio de Castro

Antecessor: Manoel Francisco de Azevedo Júnior

Falecido: 13/11/1990

Nascido a 05 de abril de 1902, no Rio de Janeiro (RJ). Filho de Adriano Jeronymo Monteiro, português, fundador e Presidente da Associação de Proprietário de Imóveis do Rio de Janeiro, e D. Dolores Duran Monteiro, castelhana. Graduou-se em Medicina, na especialidade Clínica Ginecológica e Cirurgia.

Foi interno e assistente do Serviço Cirúrgico do Prof. Nabuco de Gouvêa, no Hospital N. S. da Saúde (Gamboa). Doutorou-se em 1923, com distinção, com a tese: “Fístulas Uretares no Homem”. Foi Assistente e Chefe-Interino do Serviço de Cirurgia Geral do Hospital São João Baptista da Lagoa, 1926. Assistente e Diretor-Interino da Hospital da Cruz Vermelha Brasileira, 1929. Assistente de Patologia Cirúrgica da Faculdade de Medicina (UFRJ). Docente de Clínica Ginecológica (UFRJ), com a tese: “Seminoma do Ovário”. Dirigente do Serviço de Ginecologia do Hospital Evangélico, 1931.

Aprovado em concurso para a Cátedra de Clínica Ginecológica (UFRJ), em 1935. Fundador da Faculdade de Ciências Médicas, 1935, que dirigiu por 16 anos. Reitor da Universidade do Distrito Federal (atual UERJ), 1952.

Na ocasião de sua posse na Academia Nacional de Medicina, apresentou memória intitulada “Tratamento do Carcinoma de Vulva”. Na instituição, foi Vice-presidente (1959-1961). Passou a emérito em 17 de novembro de 1977, tendo sua vaga ocupada por seu irmão, Aurélio Monteiro.

Foi fundador e Presidente do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro, Diretor e Presidente do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e Membro Fundador e Presidente da Sociedade Brasileira de Urologia. Membro correspondente das Sociedades Mexicana, Argentina e Cubana de Urologia. Delegado Oficial do Governo Brasileiro ao II Congresso Americano de Urologia. Diretor da Confederação Americana de Urologia.

Autor de quase uma centena de trabalhos científicos, laureado várias vezes da Sociedade de Medicina e Cirurgia e da Academia Nacional de Medicina: Prêmio Doutorandos de 1900 a 1934 (1931); Prêmio Mme. Durocher. Em 1982 recebeu Prêmio Alfred Jurzykowski. Agraciado pela Sociedade de Medicina em 1938, com os Prêmios “Medicina do Trabalho” e “Ginecologia”. Foi relator oficial de numerosos Congressos internacionais e nacionais de Ginecologia, Urologia, Cirurgia e Cancerologia, este último realizado em Moscou.

Faleceu a 13 de novembro de 1990, no Hospital de Clínicas da UERJ, antigo Hospital Pedro Ernesto da Faculdade de Ciências Médicas, no seio de sua amada criação.

Agenda