Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Raymundo de Moura Britto (Cadeira No. 34)

Membro Emérito

Secção de Cirurgia

Cadeira No. 34 - Patrono: Marcos Bezerra Cavalcanti

Eleito: 11/08/1955 - Posse: 26/07/1956 - Emérito: 10/07/1980 - sob a presidência de Deolindo Augusto de Nunes Couto

Saudado por: Alfredo Alberto Pereira Monteiro

Antecessor: Pedro Maria de Moura

Falecido: 06/01/1988

Raymundo de Moura Britto nasceu em Natal - Rio Grande do Norte, no dia 20 de setembro de 1909, filho de Francisco Xavier Pereira de Britto e de Áurea de Moura Britto.

Formado em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, no ano de 1934, especializou-se em cardiologia e cirurgia cardiovascular.

O Dr. Raymundo Britto foi cirurgião do Hospital da Cruz Vermelha Brasileira, diretor e organizador da Policlínica dos Pescadores; presidente do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (1959/61), cuja sede construiu; diretor da Associação Inter Americana de Hospitais; presidente do Instituto de Pensão e Aposentadoria dos Servidores do Estado - IPASE; cirurgião chefe do Hospital dos Servidores do Estado - H.S.E., foi nomeado Diretor em 1947 com a missão de ultimar a construção e atualizar a organização funcional do Hospital. Professor do Curso de Organização e Administração de Hospitais do Ministério da Saúde; representante do Brasil em vários Congressos Internacionais de Cirurgia e Organização Hospitalar; reorganizador da Rede Hospitalar do Estado da Guanabara; diretor do Hospital dos Servidores do Estado (H.S.E.) por três vezes, sendo que da última vez deixou o cargo em fevereiro de 1962, para eleger-se Deputado Estadual pela União Democrática Nacional - U.D.N. do Estado da Guanabara, tomando posse em dezembro de 1962; em 13 de dezembro de 1963 tomou posse como Secretário da Saúde do Estado da Guanabara, cargo que deixou para ocupar a pasta da Saúde – a convite do então Presidente da República, Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco –, tendo tomado posse em 16 de abril de 1964 como Ministro da Saúde e permanecendo até 15 de março de 1967, quando finda-se o governo Castelo Branco. Agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique de Portugal, o Dr. Raymundo Britto foi Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões; Membro da Sociedade Internacional de Cirurgia e Membro da Associação Brasileira de Hospitais.

Inscreveu-se em 15 de junho de 1953, como candidato à vaga deixada pelo falecimento do Acadêmico Pedro Maria de Moura, em 13 de junho de 1953. Apresentou a memória “Tratamento Cirúrgico da Hipertensão Porta” que foi submetida à comissão julgadora composta pelos Acadêmicos Alfredo Alberto Pereira Monteiro - relator, Pedro Paulo Paes de Carvalho e José Ribeiro Portugal. A Eleição foi realizada em 11 de agosto de 1955 e a cerimônia de posse ocorreu em 26 de julho de 1956, sob a presidência do Acadêmico Deolindo Augusto de Nunes Couto que convidou os Acadêmicos Inaldo de Lyra Neves-Manta, Arnaldo de Moraes e Alfredo Alberto Pereira Monteiro para, em comissão, conduzir o novo Titular ao recinto. Fez a oração de saudação o Acadêmico Alfredo Alberto Pereira Monteiro.

O Acadêmico Raymundo de Moura Britto faleceu em 6 de janeiro de 1988, no Rio de Janeiro.

Agenda