Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Pedro Luiz Napoleão Chernoviz (Piotr Czerniewicz)

Membro Titular

Eleito: 12/11/1840 - Posse: 10/12/1840 - sob a Presidência de Francisco de Paula Cândido

Falecido: 31/08/1881

 

Nasceu em 11 de setembro de 1812, em Lukov na Polônia. Filho de Francisco Czerniewicz e D. Tecla Przegalinska.

Iniciou os estudos em 1830, como estudante de medicina na Faculdade de Varsóvia, porém precisou sair de seu país, por ter participado de um levante contra o domínio russo. Assim como milhares de outros poloneses, recebeu abrigo em território francês, onde deu continuidade aos seus estudos, doutorando-se, aos 25 anos, em medicina pela Faculdade de Montpellier.

Com o intuito de expandir seus conhecimentos, em 1840, mudou-se para o Brasil. Em dezembro do mesmo ano, teve seu diploma reconhecido pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro e foi aceito como Membro Titular na Academia Imperial de Medicina com a memória intitulada “O uso de nitrato de prata nas doenças das vias urinárias”. No ano seguinte, em 1841, recebeu a comenda de “Cavalheiro da Ordem do Cristo”.

Entretanto, ao entrar em contato com as vivências e costumes da capital brasileira, percebeu que, para atingir seus propósitos de enriquecimento, o meio mais eficaz não seria clinicar ou dedicar-se a cirurgia. Isto porque já haviam muitos consultórios médicos e de cirurgiões renomados na cidade do Rio de Janeiro. Entretanto, o mesmo não se aplicava aos vilarejos interioranos, afastados dos grandes centros urbanos. A partir desta constatação, Chernoviz dedicou-se à ideia de produzir manuais em língua portuguesa, que tivessem explicações sobre o conjunto posológico e indicações de procedimentos básicos, que pudessem orientar leigos e acadêmicos nos atendimentos diários e nos primeiros diagnósticos.

Entre 1840 e 1841, publicou artigos na Revista Médica Fluminense e na Gazeta Médica da Bahia, com qual manteve contado após seu retorno a Paris tendo publicado mais de vinte artigos entre 1868 a 1881. A primeira edição “Formulário e Guia Médico” foi publicada no Rio de Janeiro em 1841. A 2º edição em 1851. Teve a obra, ao todo, dezenove edições. A última em 1927 (Paris) cuidadosamente atualizada, como as anteriores, em geral. As quatro primeiras edições foram brasileiras. A 5º edição, de 1860, teve lugar em Paris, para onde o autor se transferiu em 1855. Seu sexto filho e o último nascido no Rio de Janeiro, seria o editor das edições post mortem do Doutor Chernoviz, ocorrida na capital francesa em 1881. A outra obra das mais populares seria o “Dicionário de Medicina Popular e Guia Médico das Ciências Acessórias” (1842).

Faleceu em 31 de agosto de 1881 em Paris, na França.


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150