Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Pedro Aquino Noleto (Cadeira No. 57)

Membro Titular

Secção de Medicina

Cadeira No. 57 - Patrono: Juliano Moreira

Eleito: 05/06/1986 - Posse: 16/09/1986 - sob a presidência de José de Paula Lopes Pontes

Saudado por: Lafayette Silveira Martins Rodrigues Pereira

Antecessor: Heitor Carpinteiro Péres

Falecido: 10/04/2008

Nascido em 2 de agosto de 1918 na cidade de Carolina, Maranhão.

Filho de Antônio de Aquino Noleto e Rosenda Alves da Silva Noleto. Ingressou na faculdade Nacional de Medicina da Universidade do Brasil em 1945 e recebeu seu diploma em 1950. Fez, durante o curso médico, 8 estágios de aperfeiçoamento.

Constam de sua formação Pós-graduada 7 cursos de Extensão Universitária, concursos à Livre Docência de Clínica Médica da Escola de Medicina e Cirurgia e da Faculdade de Ciências Médicas, concursos de habilitação para Médico do IPASE e do antigo IAPC. Foi Professor de Ciências Naturais, por concurso, do Instituto de Resseguros do Brasil e do Colégio Pedro II.

Foi autor de 34 publicações originais, de 33 apresentações a congressos, das quais 15 como co-autor. Publicou três teses, duas para Livres Docências e uma para Professor Titular. São de sua autoria 5 capítulos de livros médicos.

Participou, na qualidade de relator, co-relator, Simposiasta, Coordenador ou conferencista, de 105 reuniões técnico-científicas e ministrou 12 cursos.

Exerceu o cargo de Professor Titular da Disciplina de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Ciências Médicas de Nova Iguaçu e da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio Janeiro (UERJ).

Participou de 18 Comissões Examinadoras, das quais duas em para Professor Titular, uma Docência, 4 para Mestrado, uma para Auxiliar de Ensino e duas para Médico da Previdência Social.

Foi membro de 5 Sociedades Médicas.

Foi homenageado pelos doutorados da Faculdade de Ciências Médicas (UERJ) nos anos de 1963, 1966 e 1967, e foi Paraninfo na Faculdade de Enfermagem da UERJ em 1971.

Foi agraciado, em 1974, com a medalha de mérito “Professor Clementino Fraga” pelo Governado do Estado do Rio de Janeiro e, em 1979, com medalha de honra por serviços prestados à comunidade por sua cidade natal. Em 1982, foi-lhe conferido “Diploma de Mérito” pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Faleceu em 10 de abril de 2008.

Agenda