Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Mário Negreiros Pardal (Cadeira No. 74)

Membro Titular

Secção de Cirurgia

Cadeira No. 74 - Patrono: Arnaldo de Moraes

Eleito: 26/06/1946 - Posse: 17/07/1947 - sob a presidência de Raul David de Sanson

Saudado por: Raul David de Sanson

Antecessor: Antônio Benevides Barbosa Vianna

Falecido: 04/07/1970

Mário Negreiros Pardal nasceu em Niterói, Estado do Rio de Janeiro, no dia 21 de abril de 1902, filho de Candido Matheus de Faria Pardal Júnior, herói da Guerra do Paraguai e serventuário da justiça, e de Amenaide Negreiros Pardal.

Formado em medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, no ano de 1923, defendeu tese de doutoramento sobre a Prática da Transfusão de Sangue, um dos documentos pioneiros sobre o assunto.

Mário Negreiros estudou a cirurgia de guerra e incursionou pela cirurgia geral, traumatológica, ortopédica, neurológica, vascular, torácica e ginecológica. Foi Docente da Cadeira de Medicina Operatória e Chefe de Clínica da Cadeira Ginecológica na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro; professor da Cadeira de Clínica Cirúrgica da Faculdade Fluminense de Medicina; membro de várias Comissões Julgadoras de Concursos para Livre Docentes nas Faculdades Nacional de Medicina, Escola de Medicina e Cirurgia e Faculdade Fluminense de Medicina; cirurgião da Companhia de Segurança Industrial; chefe do Serviço de Ginecologia do Dispensário de São Vicente de Paula; diretor da Maternidade Arnaldo de Moraes e do Hospital São João Batista de Niterói; membro da Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia, da Sociedade Brasileira de Tuberculose, da Sociedade Brasileira de Ginecologia e do Colégio Brasileiro de Cirurgiões; presidente da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Niterói; membro honorário da Sociedade Médica de Petrópolis; sócio titular do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro; fundador do Sindicato Médico do Estado do Rio de Janeiro e do Centro de Estudos do Hospital São João Batista de Niterói.

Cirurgia das artérias foi a memória apresentada à Academia Nacional de Medicina para concorrer à vaga de Membro Titular na Secção de Cirurgia Especializada. Em 26 de junho de 1946 foi realizada a eleição e a sessão de posse ocorreu em 17 de julho de 1947, sob a presidência do Acadêmico Raul David de Sanson. A pedido do novo Titular não houve solenidade por ocasião de sua posse. Foi saudado pelo Presidente da sessão que lhe impôs as insígnias acadêmicas.

Mário Negreiros Pardal faleceu no dia 4 de julho de 1970, em Niterói - RJ.