Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Luiz Eurico Ferreira (Cadeira No. 66)

Membro Titular

Secção de Cirurgia

Cadeira No. 66 - Patrono: José Cardoso de Moura Brasil

Eleito: 20/11/1980 - Posse: 14/04/1981 - sob a presidência de José Leme Lopes

Saudado por: Hilton Ribeiro da Rocha

Antecessor: Nelson Moura Brasil do Amaral

Falecido: 09/11/1985

Nascido em 20 de dezembro de 1925 em São José dos Campos, São Paulo.

Graduou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade do Brasil, atual UFRJ em 1948. Foi Doutor pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Luiz Eurico Ferreira teve publicadas as seguintes teses: “A ressecção escleral no descolamento da retina”; “Cirurgia do glaucoma primário”; “Catarata e glaucoma: estudo e cirurgia combinada; “Perfil linfocitário: dosagem de imunoglobulinas e pesquisa in vitro da sensibilidade a prednisolona em glaucomatosos”; e “Ceratoplastia lamelar em cobaias: estudo biomicroscópico, histopatológico e imunológico em ceratectomia e ceratoplastia lamelar autógena, alógena e xenógena”.

Foi autor das obras “Olho e diabetes”; “Fundo de Olho na Arteriosclerose e Hipertensão Arterial”; “Enciclopédia Médica Brasileira de Oftalmologia”; e “Curso Audiovisual Médico de Oftalmologia”.

Publicou numerosos trabalhos em revistas nacionais e internacionais, além de ter participado e ministrado centenas de aulas e conferências em reuniões da especialidade.

Integrou várias sociedades científicas, dentre as quais o Colégio Brasileiro e Internacional de Cirurgiões, a Academia Americana de Oftalmologia, as Sociedades Francesa e Espanhola de Oftalmologia.

Foi pelas mãos do Prof. Luiz Eurico Ferreira que, em 1970, nasceu o Instituto Brasileiro de Oftalmologia, primeira clínica a realizar exames complementares oftalmológicos no Brasil. Graças à sua atuação na presidência do 2° Congresso Luso-Hispano-Brasileiro de Oftalmologia, foram arrecadados fundos suficientes para a aquisição da atual sede da SBO.

Na Sociedade Brasileira de Oftalmologia, além de Membro Titular, foi Presidente e Diretor de vários departamentos. Foi Professor Titular de Oftalmologia da Escola de Medicina do Rio de Janeiro da Universidade Gama Filho por 20 anos, tendo ocupado também o cargo de Chefe do Serviço de Oftalmologia e Diretor do Hospital Universitário da UGF.

Chefiou o Serviço de Oftalmologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, onde também era Professor. Além disso, foi Professor Livre Docente das Faculdades de Medicina da UFRJ, UERJ e UFF.

Em suas atividades privadas, além de sua grande Clínica, foi Diretor Presidente do Hospital Samaritano, ambos no Rio de Janeiro.

Cirurgião habilidoso e grande empreendedor, foi pioneiro na introdução no Brasil do laser de rubi, betaterapia, técnicas de cirurgia combinada de catarata e glaucoma e iridênclise periférica. Entre muitas homenagens que recebeu em vida, foi agraciado com a Medalha de Ouro Moacyr E. Álvaro, pela UNIFESP, pelo alto valor de sua contribuição à Oftalmologia Brasileira.

Em sua homenagem, foi batizada “Luiz Eurico Ferreira” rua em São José dos Campos, sua cidade natal.

Faleceu a 09 de novembro de 1985.