Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Leonel Gonzaga Pereira da Fonseca (Cadeira No. 47)

Membro Emérito 

Secção de Medicina

Cadeira No. 47 - Patrono: Luiz Pedro Barbosa

Eleito: 11/10/1928 - Posse: 16/11/1928 – Sob a presidência de Miguel de Oliveira Couto

Saudado por: Luiz Pedro Barbosa

Antecessor: Luiz do Nascimento Gurgel

Emérito: 28/11/1979

Falecido: 24/01/1980

O Dr. Leonel Gonzaga nasceu no dia 21 de julho de 1885, na cidade de Pitanguy, em Minas Gerais. Filho de Luiz Gonzaga Pereira da Fonseca e D. Rosa Cordeiro Maciel.

Doutorou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1908 com a tese “Das ictericias hemolyticas”. Em 1911 tornou-se assistente extranumerário da cadeira de clínica pediátrica medica e de higiene infantil da Faculdade de Medicina e, em dez anos, ocupou diversas funções na mesma cadeira, tornando-se livre docente, chefe de laboratório e assistente efetivo.

Em 1925 torna-se chefe de clínica pediátrica, cargo que havia sendo exercido pelos professores Simões Correia, Nascimento Gurgel e Luiz Pedro Barbosa.

O Dr. Leonel Gonzaga Pereira da Fonseca foi também representante dos livres docentes da Faculdade de Medicina do Rio no Conselho Nacional de Ensino, por designação do Sr. Ministro Affonso Penna Junior, em 1927 e 1928.

Foi eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1928, apresentando Memória intitulada “A propósito da intoxicação alimentar do lactente”. Exerceu dentro da Academia cargos como Presidente da Secção de Medicina Especializada (1936-1937) (1939-1940) (1940-1941) (1941-1942) (1944-1945) (1945-1946) (1946-1947); 1º Secretário (1937-1938) (1938-1939); Secretário Geral (1953-1955); 1º Vice-Presidente (1947-1949); 2º Vice-Presidente (1959-1961). Tornou-se Membro Emérito em 28 de novembro de 1979.

Foi também Membro do Conselho de Assistência e Proteção a Menores, médico adjunto voluntário no Hospital Geral da Santa Casa de Misericórdia, Inspetor Médico Escolar do Distrito Federal concursado, além de membro, sócio efetivo, secretário geral, 1º e 2º secretário da Sociedade de Medicina e Cirurgia.

Autor de trabalhos inéditos que enriqueceram a área da medicina pediátrica no Brasil como “Nocividade das ascarides lombricoides” (1918); “Hygiene do prematuro e do débil congênito” (1918); “Da fadiga escolar” (1918); “A propósito de um caso de doença de Little” (1919); “Conceito actual das perturbações nutritivas do lactante” (1919); “Ectasia da arcada nasal como estigma de lues hereditária (1920); “Diagnóstico e tratamento das perturbações nutritivas por infracção da tolerância nas crianças alimentadas artificialmente (1921); “Dystrophia farinácea” (1922); “Diathese exsudativa (1922); “Classificação das perturbações nutritivas do lactante” (1922); “A água de arroz e a desnutrição das crianças” (1924); “A hygiene infantil e os dispensários para crianças” (1925); “Como se pode prestar assistência médica aos alunos pobres das escolas primarias” (1927).

O Dr. Leonel Gonzaga faleceu em 24 de janeiro de 1980.