Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Jorge Moitinho Dória (Cadeira No. 29)

Membro Emérito

Secção de Cirurgia

Cadeira No. 29 - Patrono: Daniel de Oliveira Barros D'Almeida

Eleito: 28/11/1940 - Posse: 08/05/1941 – sob a presidência de Aloysio de Castro

Saudado por: Darcy Bastos de Souza Monteiro

Antecessor: Joaquim Antonio de Oliveira Botelho

Emérito: 13/07/1970

Falecido: 09/12/1972

Nasceu em 26 de julho de 1899, na cidade do Rio de Janeiro. Filho de José Azevedo Dória e de D. Julita Moitinho Dória.

Doutorou-se em Medicina pela Faculdade Nacional de Medicina em 1923, defendendo a tese intitulada “Quistos e Pseudo-Quistos Pancreáticos”. Durante sua graduação, foi interno da 3ª Cadeira de Clínica Cirúrgica do Professor Augusto Paulino e dos Postos de Pronto Socorro da Assistência Pública.

Exerceu o cargo de subcomissário cirurgião da Assistência Municipal em 1925, e um ano depois tornou-se cirurgião no mesmo local. No ano de 1938, atuou como assistente técnico do Diretor e chefe do Serviço de Cirurgia Alvaro Ramos do Hospital de Pronto Socorro.

Em 1938, foi nomeado chefe geral do Serviço de Cirurgia do Hospital Carlos Chagas da Secretaria Geral de Assistência e Saúde, e em 1939, assumiu o posto de Diretor do Hospital Carlos Chagas.

Ainda no ano de 1939, assumiu na Secretaria Geral de Assistência e Saúde os cargos de diretor nos Hospitais Miguel Couto e no Hospital da Gamboa da Santa Casa de Misericórdia. No ano seguinte, em 1940, atuou como chefe do Serviço Daniel de Almeida no Hospital de Pronto Socorro.

Foi membro de conselhos e comissões examinadoras para magistério superior, sociedades e associações nacionais e internacionais, tais como membro do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, membro da Sociedade Brasileira de Urologia, membro efetivo da Sociedade de Medicina e Cirurgia.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1940, apresentando a memória intitulada “Pancreatites Agudas – Tratamento Cirúrgico”. Durante o período em que esteve na instituição, exerceu os cargos de Redator dos Anais de 1942 a 1944 e Tesoureiro em 1959 a 1961, devido a desistência do Acadêmico Eduardo Augusto de Caldas Brito. Transferiu-se para a classe dos Membro Eméritos em 1970.

Faleceu em 9 de dezembro de 1972, na cidade do Rio de Janeiro.

Agenda
    Em maio
  • 30/5/2017 - 20:00 - Sessão Solene de Posse de Honorário Nacional - Dr. Miguel Srougi