Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

João Pereira de Camargo (Cadeira No. 37)

Membro Titular

Secção de Cirurgia

Cadeira No. 37 - Patrono: José Alves Maurity Santos

Eleito: 29/11/1928 - Posse: 31/05/1929 - Sob a presidência de Miguel de Oliveira Couto

Saudado por: Octávio de Souza

Antecessor: José Mathias Gurgel do Amaral

Falecido: 01/01/1944

 

O Dr. João Pereira de Camargo nasceu no dia 20 de junho de 1892, em Paranaguá, no Estado do Paraná. Filho de Afonso de Camargo Penteado e de D. Carlota Ernestina Pereira de Camargo.

Doutorou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1914, defendendo a tese de doutoramento “Do coração na gravidez”. Filiou-se com destaque e proficiência à Escola de Fernando de Magalhaes, instituição com a qual contribuiu de diversas formas, lecionando por muitos anos. Colaborou muito também para a Maternidade de Laranjeiras e a Pro Matre.

Em 1926, passou em um concurso de Livre Docência da cadeira de Obstetrícia. Ficou famoso por seu notável diagnóstico sobre uma “Gravidez de 6º mês com hidrânio – prenhez gemelar univitelínea, bi-amniótica”.

Foi eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1928, apresentando memória intitulada “Intervenção cirúrgica precoce nas ocultas lesões encefalocianeanas do recém-nato”.

Clinicou profissionalmente durante 30 anos, foi considerado um parteiro modelar e um professor e estudioso dedicado. Sua dedicação levou a publicação para mais de 60 trabalhos dentre estes livros e artigos entorno da especialidade exercida, como por exemplo, “Terapêutica intra-uterina da infecção puerperal”, “Coração e vangotonia da gravidez”, “O tratamento conservador na eclampsia”, “Parto sem dor”, “A vagotonia na gravidez”, “Manobras e operações obstétricas”, “Ginecologia Moderna”, “Terapêutica dos síndromes grávidos-puerperais”, “Volume do ventre durante o trabalho de parto”, com o qual conquistou a medalha de ouro do prêmio Mme. Durocher da Academia Nacional de Medicina.

Fundou e dirigiu uma maternidade para mães desvalidas no bairro de São Cristóvão. Nesta instituição, lecionou e assessorou seus alunos mostrando-lhes as práticas da obstetrícia e escreveu seus trabalhos.

O Dr. Pereira de Camargo faleceu no dia 1º de janeiro de 1944.


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150