Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

João Pedro Leão de Aquino (Cadeira No. 24)

Membro Titular

Secção de Cirurgia

Cadeira No. 24 - Patrono: Pedro Paulo Paes de Carvalho

Eleito: 23/06/1910 - Posse: 29/09/1910 – sob a Presidência de Miguel da Silva Pereira

Saudado por: Carlos Pinto Seidl

Falecido: 12/07/1942

Nasceu em 8 de agosto de 1878, no Rio de Janeiro. Filho de Dr. João Pedro de Aquino e de D. Maria Tereza Leão de Aquino.

Doutorou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1900, defendendo a tese “A talha hipogástrica”.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1910 na Secção de Ciências Naturais, apresentando memória intitulada “Micróbios aeróbios da boca normal humana”. Em 1911, solicitou transferência para a Secção de Cirurgia ocupando assim a Cadeira 24 e sua vaga foi preenchida pelo Acad. Henrique de Toledo Dodsworth. Durante o tempo em que esteve na instituição exerceu os cargos de 2º Secretário (1911-1912) (1912-1913) e Redator dos Anais (1937-1938).

Era considerado uma figura de relevo para os meios científicos e sociais, conceituado como grande cirurgião e parteiro de seu tempo. Foi chefe de cirurgia do Pavilhão Oswaldo Cruz do Hospital de São Sebastião.

Foi membro de conselhos, sociedades e associações nacionais, tais como o Cenáculo Fluminense de Letras e o Instituto Histórico de Ouro Preto.

Escreveu para o anuário do Colégio Pedro II em 1939 uma importante biografia sobre seu bisavô, o Conselheiro Dr. Manoel Pacheco da Silva, o Barão de Pacheco que fora o 4º reitor daquela instituição de ensino.

O Dr. Leão de Aquino foi autor de "O Hospital Sanatório S. Sebastião - Memória histórica desde a sua fundação até nossos dias. Principais fatos ocorridos em antigas epidemias e reminiscências de vultos notáveis do mundo médico nacional e estrangeiro, ligado à vida do mesmo hospital”, publicado na Revista Médica Municipal em 1945.

Faleceu aos 64 anos em um acidente no dia 12 de julho de 1942, na cidade do Rio de Janeiro.