Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

José Dantas de Souza Leite (Cadeira No. 48)

Membro Titular

Secção de Medicina

Cadeira No. 48 - Patrono: Marcio Philaphiano Nery

Eleito: 03/10/1901 - Posse: 03/10/1901 - Sob a presidência de Nuno Ferreira de Andrade

Falecido: 01/06/1925

Nasceu em 1859. É considerado por alguns como natural da Bahia, mas é, na verdade, natural de Sergipe, pois o município de Santa Luzia do Rio Real, onde nasceu, pertencia na época à Província da Sergipe Del Rey.

Doutorou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da Bahia, em 1880. Dez anos depois de sua graduação, em 1890, diplomou-se mais uma vez em Medicina, na Faculdade de Medicina de Paris, trabalhando no serviço do Prof. Charcot. Defendeu a tese intitulada “De l’acromegalie. Maladie de Pierre Marie” baseado em uma casuística de 38 pacientes, dos quais 8 observados no serviço onde trabalhava e, os 30 restantes, publicados na literatura mundial. Fez seu internato nos Asiles d’Aliénés de la Seine.

Foi sempre considerado um profissional brilhante, e tornou-se amigo e colaborador do Prof. Pierre Marie (o discípulo mais proeminente do Prof. Charcot). A mais conhecida contribuição científica, foi seu trabalho sobre acromegalia, realizado no ano de 1890. Um ano mais depois, publicou o livro “Essays on Acromegaly” em coautoria com Pierre Marie. Este trabalho excepcional consagrou-o como grande pesquisador no cenário internacional e o primeiro médico brasileiro a contribuir de maneira inovadora para o desenvolvimento da neura endocrinologia mundial.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1901.

Pertenceu a várias instituições científicas internacionais, inclusive a Antropological Society e a Medical-Psychollogical Society e foi o primeiro brasileiro a contribuir, no exterior, para o conhecimento das doenças hipofisárias e, consequentemente, para o desenvolvimento da Endocrinologia a nível mundial.

Em sua homenagem a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia criou um Prêmio que leva seu nome em reconhecimento por sua contribuição ao desenvolvimento da Endocrinologia.

Faleceu no dia 1º de junho de 1925, no Rio de Janeiro.

Agenda
    Em maio
  • 30/5/2017 - 20:00 - Sessão Solene de Posse de Honorário Nacional - Dr. Miguel Srougi