Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Sessão de 21 de maio de 2020 - Simpósio Pesquisa e COVID-19

Aumento no número de mortes; queda na arrecadação dos estados; surgimento de gastos impensáveis com uma epidemia; perda de vidas em virtude da COVID-19; necessidade de aprovação rápida de projetos de pesquisa para prevenção, diagnóstico e tratamento de pacientes acometidos pelo novo coronavírus; avaliação dos efeitos sociais e econômicos das medidas de isolamento. Estes foram alguns dos aspectos abordados em sessão virtual promovida pelas Academias Nacional de Medicina (ANM), Brasileira de Ciência (ABC) e de Ciências Farmacêuticas, evento realizado no dia 21 de maio de 2020, e que reuniu mais de 100 médicos e cientistas.

O presidente da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (FAPERJ) e também acadêmico da ANM e ABC, Jerson Lima Silva, mostrou um panorama da produtividade científica brasileira em relação a outros países, alguns modelos de financiamento e a curva de investimentos na área pelo Rio de Janeiro. Ao completar 40 anos, a FAPERJ tinha expectativas de aporte de recursos no valor de R$ 530 milhões para este ano, de acordo com a Lei Orçamentária Anual, porém foram autorizados R$ 370 milhões e parte desses recursos está sendo investida em pesquisas da COVID-19. Lima Silva ainda apresentou os editais emergenciais que foram lançados em virtude da chegada da pandemia ao país e os projetos aprovados.

O simpósio “Pesquisa na COVID-19” foi organizado pelos acadêmicos da ANM e ABC, Rubens Belfort Jr, presidente da ANM, Marcello Barcinski e Wanderley de Souza.

Ensaios clínicos - O descontingenciamento de R$ 100 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) para a pesquisa e a criação da Rede Vírus com foco em fármacos, vacinas, ensaios clínicos, biobanco e estudos sobre impactos sociais contra a COVID-19 foram alguns dos temas abordados pelo acadêmico Marcelo Marcos Morales, Secretário de Políticas para Formação e Ações Estratégicas do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC), neste mesmo simpósio.

Segundo Morales, na área de fármacos, foram estudadas duas mil moléculas, sendo selecionadas inicialmente 15 e uma delas, a nitazoxanida - utilizada como antiparasitário - já está sendo testada em 150 pacientes com sintomas leves.

- Este é um estudo multicêntrico que reúne 17 hospitais. Além disso, o país conta com outros 50 ensaios clínicos aprovados por comitês de ética, finalizou.

Investimento de longo prazo - A sequencia completa do genoma viral do novo coronavírus, foi apenas dois dias após o surgimento do primeiro caso da América Latina, só possível graças a investimentos de longo prazo no Estado de São Paulo, afirmou o pesquisador Luiz Eugênio Mello, diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e palestrante do evento promovido pela ANM.

_ Isto só foi possível pois a FAPESP há muitos anos investe no laboratório da professora Ester Sabino, do Instituto de Medicina Tropical da USP.

Recursos - Mais de 2.200 projetos foram enviados ao CNPq, representando uma demanda superior de R$ 1,700 bilhão em um edital emergencial para pesquisa em COVID-19, contou o presidente da instituição, Evaldo Vilela. Segundo ele, o resultado dos 30 projetos aprovados sairá no final de maio e os agraciados trabalharão em rede de pesquisas que podem englobar a biologia, a medicina, as ciências sociais, entre outras áreas.

Já o Diretor da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), Alberto Dantas, apresentou as três linhas lançadas pela agência para o enfrentamento da pandemia no Brasil. Com recursos totalizando mais de R$ 890 milhões serão investidos em projetos de pesquisa, subvenção econômica e linhas de financiamento reembolsáveis.

Os recursos disponibilizados serão aplicados em projetos para ampliação da capacidade de processamento de amostras na rede pública, desenvolvimento e fabricação de produtos nacionais como ventiladores. Além disso, segundo Dantas haverá crédito para reconversão industrial, escalonamento de dispositivos médicos e inovação em saúde.

As sessões científicas estão disponível no canal da Academia Nacional de Medicina no YouTube em https://bit.ly/3eByjYS.


Faça o download de nosso APP

       

Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150