Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Fernando Francisco da Costa Ferraz

Membro Titular

Secção de Cirurgia

Eleito: 04/08/1865 - Posse: 25/09/1865 - sob a Presidência de José Pereira Rego (Barão do Lavradio)

Saudado por: José Pereira Rego (Barão do Lavradio)

Falecido: 08/11/1907

Nasceu em 8 de junho de 1838, no Rio de Janeiro. Filho de Antônio Francisco e de D. Francisca Rosa de Jesus Ferraz.

Doutorou-se pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1866, defendendo a tese intitulada “Leite, sua composição, conservação, falsificação e meios de reconhece-lo”.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1865, apresentando a memória intitulada “Os vômitos incoercíveis durante a prenhez serão a causa para a provocação do aborto”. Durante o período em que esteve na instituição, exerceu os cargos de Redator dos Anais de 1868 a 1873 e de 1879 a 1881, também atuou como Vice-Presidente da Secção de Cirurgia de 1889 a 1890 e Presidente da mesma Secção em 1890 a 1893.

Foi um dos primeiros médicos brasileiros a se pronunciaram abolicionistas em 1880. Tornou-se vereador municipal, lutava pela abolição da escravatura a fim de combater as doenças e a higienização do povo como um todo.

Destacou-se como um especialista embalsamador que dispunha de um processo essencial de pesquisa de ingredientes utilizados nas técnicas químicas iniciais. Ele praticou o seu processo em muitos corpos de outros ilustres, cuidava deles, os fotografava e periodicamente abria os sepulcros que os encerravam, dando-lhes novos cuidados.

Desde cedo dedicou-se aos estudos e experiências em busca de um processo de embalsamamento perfeito. Chegou a embalsamar de forma perfeita muitos fetos que lhes eram fornecidos pela notável parteira Madame Durocher.

Foi um dos sócios fundadores do antigo Jockey Club e atuou como presidente desta instituição de 1899 a 1903. Contribuiu para o Jockey administrando com sucesso uma das maiores crises econômicas da entidade. Em sua homenagem, foi esculpido um busto que fica exposto no Jardim do Hipódromo da Gávea.

Faleceu em 8 de novembro de 1907.


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150