Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Outorga de Título de Correspondente Estrangeiro – Dr. Fausto Pinto recebe o título de Correspondente Estrangeiro na Academia Nacional de Medicina

Durante a Sessão realizada na noite da última quinta-feira (9), o Dr. Fausto Pinto, Diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, recebeu a outorga do título de Correspondente Estrangeiro da Academia Nacional de Medicina diante de Acadêmicos, familiares e amigos. O cardiologista português é membro da Sociedade Europeia de Cardiologia, do Colégio Americano de Cardiologia, da Sociedade Americana de Angiologia, da Sociedade de Angiografia e Intervenções Cardíacas e da Sociedade Americana de Ecocardiografia.

O Dr. Fausto Pinto (ao centro) recebe a outorga do título de Correspondente Estrangeiro das mãos do Presidente Jorge Alberto Costa e Silva (à esquerda) e do Acad. Fabio Jatene (à direita)

A mesa diretora da solenidade contou com a presença dos Acadêmicos Cláudio Buarque Benchimol, José Galvão-Alves, Fabio Jatene e Ricardo Cruz e foi conduzida pelo Presidente Jorge Alberto Costa e Silva, que abriu os trabalhos salientando a importância histórica deste momento, que consagra a aproximação de três instituições de importância indelével para a medicina mundial: a Academia Nacional de Medicina, a Universidade de Lisboa e a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Na sequência, o Dr. Roberto Medronho (UFRJ) fez coro às palavras do Presidente, discorrendo sobre o acordo assinado entre a Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro e a Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, que garante a revalidação automática dos diplomas expedidos pelas duas Universidades no outro país. Mencionou também que estão em negociação acordos de mobilidade acadêmica (graduação) e de co-tutela para a pós-graduação. Ao final de sua comunicação, ocorreu entrega do diploma de médico ao Dr. Fausto Pinto, junto ao certificado de revalidação do diploma.

Recebido pelos Acadêmicos no Anfiteatro Miguel Couto, o Dr. Fausto Pinto foi saudado pelo Acadêmico Fabio Jatene, que em seu discurso ressaltou o incansável trabalho executado pelo Correspondente na condução não só da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, cargo para o qual foi reeleito por unanimidade em 2018, mas também em instituições como a Federação Mundial do Coração (World Heart Federation – WHF). Na Universidade, deu destaque à gestão baseada no Ensino e a Educação Médica, na internacionalização e as relações externas da faculdade, na promoção e inovação da ciência e na organização e modernização administrativa, sendo estes os pilares de uma era de crescimento e estabilidade da instituição.

Após receber emocionado as palavras de saudação do Acadêmico Fabio Jatene, o Dr. Fausto Pinto proferiu a conferência “O Futuro da Cardiologia”, que foi iniciada com apresentação sobre a história da Universidade de Lisboa e a Faculdade de Medicina, ressaltando que o estudo da medicina em Lisboa remonta o séc. XIII. Sobre os principais avanços na Cardiologia, chamou atenção para os estudos sendo desenvolvidos em áreas como biologia molecular, pesquisas com células tronco, organogênese, inteligência artificial e o uso de tecnologia de sensores na saúde.

Sobre os principais desafios para a Medicina Cardiovascular no século XXI, chamou atenção para os seguintes pontos: detecção precoce de doenças e identificação de marcadores iniciais de processos patogênicos, identificação de novos substitutos para o tratamento e diagnósticos de doenças cardiovasculares; desenvolvimento tecnológico em diagnóstico e tratamento; monitoramento remoto; desenvolvimento de novos marcadores prognósticos e o combate às inequidades no acesso aos tratamentos de saúde.

Encerrada a conferência do Dr. Fausto Pinto, os Acadêmicos, familiares e amigos foram convidados para coquetel comemorativo no Salão Nobre da instituição, onde o Dr. Fausto Pinto cumprimentou todos os presentes.

Fausto Pinto graduou-se na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa em 1984. Fez o seu estágio de Cardiologia no Hospital Universitário de Santa Maria e na Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, onde foi bolsista clínico.

Atualmente é o Diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e Professor Titular de Cardiologia, Chefe do Departamento de Cardiologia e do Departamento de Coração e Vascular do Hospital Universitário de Santa Maria. Presidente Eleito da World Heart Federation (WHF) (2019-2020), Coordenador Nacional do Conselho das Escolas Médicas (2018-2020) e Presidente do Conselho de Administração do Centro Médico Académico de Lisboa (CAML) (2019-2021) e Diretor de Lisboa Cardiovascular Institute (ICVL) desde 1999.

Membro de várias sociedades internacionais, incluindo Societé Française de Cardiologie, Sociedade Colombiana de Cardiologia, Sociedade Americana de Ecocardiografia, Sociedade Italiana de Ecografia Cardiovascular, Sociedade Húngara de Cardiologia, Sociedade de Circulação Japonesa, Sociedad Peruana de Cardiologia, Academia Romena de Ciências Médicas, Sociedade Romena Cardiologia, Sociedade Russa de Cardiologia e Sociedade Eslovaca de Cardiologia.

Foi Editor Chefe da Revista Portuguesa de Cardiologia (1999-2015) e atualmente é Editor Consultivo e Membro da Assessoria e Editorial do Conselho de várias revistas internacionais com peer review e Revisor Especialista para a Comissão Europeia. Publicou mais de 600 artigos indexados e já apresentou mais de 1.500 palestras em reuniões nacionais e principalmente internacionais.

Suas principais áreas de interesse são cardiopatia isquêmica, anticoagulação, imagem cardiovascular, particularmente no uso de ultrassonografia em cardiologia e pioneira no uso da ultrassonografia intravascular no estudo da aterosclerose do enxerto.


Faça o download de nosso APP

       

Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150