Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Sessão Solene de Posse - Maurício Augusto Silva Magalhães Costa toma posse como novo Membro Titular da ANM

Na noite da última terça-feira (05), a Academia Nacional de Medicina realizou cerimônia solene para a posse do Novel Acadêmico, o médico Maurício Augusto Silva Magalhães Costa, que passa a ocupar a Cadeira nº 79 da Secção de Cirurgia, cujo Patrono é Olympio Arthur Ribeiro da Fonseca.

Na mesa diretora da solenidade, os ex-Presidentes Francisco Sampaio e Pietro Novellino, os Acads. José Galvão-Alves, Jorge Alberto Costa e Silva (Presidente), Antonio Nardi, o ex-Presidente Marcos Moraes e o Acad. Ricardo Cruz

Diante de auditório repleto de familiares, amigos, colegas de trabalho e Acadêmicos, o Professor foi conduzido por Comissão de Honra formada pelos Acadêmicos Orlando Marques Vieira, Cláudio Benchimol, Marcello Barcinski, José Carlos do Valle, Octávio Vaz, Walter Zin e Giovanni Cerri. A consagração como Membro Titular veio depois do tradicional juramento Acadêmico e da entrega do colar e da medalha Acadêmica, pelo Presidente Jorge Alberto Costa e Silva, e do Diploma Acadêmico, pelo Acadêmico Celso Marques Portela.

O novel Acadêmico entre o Presidente Jorge Alberto Costa e Silva e o Acadêmico Celso Portela

A Acadêmica Patrícia Rocco proferiu emocionado discurso de saudação, declarando-se alegre e honrada por receber o Professor Dr. Maurício Magalhães Costa como novo Membro Titular da tradicional instituição. Destacando o extenso currículo do consagrado mastologista, a Acadêmica afirmou que o confrade, ao longo de toda sua trajetória, se manteve perseverante e construtor do seu próprio futuro.

Em seguida, falou sobre a dedicação com a qual o Novel Acadêmico conduziu sua carreira, sempre cuidando do outro, independentemente de classe econômica, e promovendo a difusão do conhecimento e informações, através de campanhas e projetos. “Dr. Maurício entendeu que para ser um bom médico não adiantava somente ler todos os livros e artigos, era fundamental saber olhar o outro”, afirmou a Acadêmica.

A Acadêmica Patrícia Rocco recebeu o empossado com emocionado discurso

Finalizou sua mensagem compartilhando alguns episódios da vida do médico, declarando que o novel Acadêmico “é dotado de uma vida profissional extraordinária e um coração ainda maior”. Concluiu parabenizando-o e dando as boas-vindas ao querido amigo e confrade.

Iniciando seu discurso de posse, o Acadêmico Maurício Magalhães Costa agradeceu a todos aqueles que de alguma forma contribuíram para sua história e carreira, por tomarem parte nesse momento ímpar de sua trajetória pessoal e profissional. Mencionando o poema “Ode à Alegria”, escrito por Friedrich Schiller e cantado na 9ª sinfonia de Beethoven, o Acadêmico afirmou que “a obra demonstra muito bem como estou me sentindo nessa ocasião, a alegria é um sentimento de contentamento, prazer de viver, júbilo e exultação”.

Após ressaltar a importância do papel da tradicional casa, fundada em 1829, na medicina nacional e as atividades nela realizadas, prometeu honrar a memória da Academia e promover ações que fortaleçam a prática médica. Apresentou um breve histórico da Cadeira 79 da Secção de Cirurgia, cujo Patrono é Olympio Arthur Ribeiro da Fonseca, ginecologista nascido na cidade de Niterói e um dos valores sociais e culturais da capital da República no Século XIX. Citou os ocupantes anteriores da 79ª Cadeira da ANM, os Acadêmicos Arnaldo de Moraes, Francisco Victor Rodrigues, Hilton Ribeiro da Rocha e sua predecessora, a Acadêmica Anna Lydia Pinho do Amaral, consagrada ginecologista e primeira mulher Diretora do Hospital de Ipanema, falecida em 25 de junho de 2015.

O Acadêmico Maurício Magalhães

O novel Acadêmico saudou os integrantes da comissão de honra que o acompanhou e sua amiga, a Acadêmica Patrícia Rocco, que segundo ele, foi a maior incentivadora de sua campanha e o acompanhou ao longo de todos os passos em sua candidatura, declarando “agradeço a gentil e elogiosa saudação, seguramente fruto de uma longa amizade”. Agradeceu ainda sua família, esposa e filhos, por todo o apoio, dedicação e incentivo que lhe concederam ao longo da vida, citando o escritor francês Victor Hugo "A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados".

O Presidente Acadêmico Jorge Alberto Costa e Silva congratulou o médico homenageado por sua impecável campanha e discurso, conforme a tradição da casa, e destacou sua carreira e trajetória profissional. Elogiou sua dedicação à Acadêmica Nacional de Medicina, o respeito às tradições da instituição e as sólidas bases científicas que sustentaram sua candidatura. Segundo o Presidente, sua presença na instituição hoje se dá por seus méritos pessoais conquistados merecidamente no passado, entretanto, "não termina hoje sua missão, pois o hoje, como afirma Santo Agostinho, é fruto do passado e compromisso com o futuro", declarou.

Comissão de Honra formada pelos Acads. Marcello Barcinski, Octávio Vaz, Cláudio Benchimol, Orlando Marques Vieira, Walter Zin, José Carlos do Valle e Giovanni Cerri

Em sua conclusão, o Presidente abordou o que considera ser a missão da instituição, “ser uma casa de reflexão e pensamento, que não apenas apresenta e transmite as novidades da medicina, como também propõe reflexões a respeito delas”. Por fim, parabenizou o Novel Acadêmico, relembrando a emoção que sentiu há 35 anos, na ocasião de sua posse, e citou o francês Paul Ricard “Os homens não nasceram para morrer, mas para inventar. Um acaso transformado em destino através de uma escolha contínua”. Em seguida solicitou à Comissão de Honra que conduzisse o Acadêmico ao Salão Nobre, encerrando a solenidade.

 


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150