Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Sessão de 22 de março de 2018 - ANM apresenta caso de Patologia Hepato Bilio Pancreática em edição do evento “Uma Tarde na Academia – Oficina Diagnóstica”

Aconteceu na última quinta-feira (22) o evento “Uma Tarde na Academia – Oficina Diagnóstica”, no Anfiteatro Miguel Couto. Sob organização dos Acadêmicos José Manoel Jansen, Carlos Alberto Basílio e José Galvão-Alves, o caso clínico de Patologia Hepato Biblio Pancreática foi apresentado pelo professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Joaquim Ribeiro.

O Acadêmico Orlando Marques Vieira iniciou os trabalhos, convidando o Dr. Joaquim Ribeiro (HUCFF) para apresentar o caso de Patologia Hepato Bilio Pancreática. Tratava-se de um paciente de 48 anos, natural de Pernambuco, residente em Magé (RJ). Apresentava um quadro de icterícia com prurido, dores abdominais de intensidade moderada e anorexia há 20 dias, anteriores à internação.

Na mesa diretora, os organizadores do evento: Acads. Carlos Alberto Basílio, José Manoel Jansen e Orlando Marques Vieira

A investigação do caso foi iniciada em outro hospital, com relato de alterações laboratoriais (bilirrubinas e enzimas hepáticas aumentadas) e ultrassonografia abdominal evidenciando dilatação de vias intra e extra-hepáticas. O paciente procurou o serviço do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), onde foi internado para dar continuidade à investigação.

Segundo o Prof. Joaquim Ribeiro, os exames e tomografia do paciente indicaram, entre outros sintomas, a presença de massa pancreática, hemorragia digestiva, úlceras e infiltração da parede do estômago. Diante dos resultados, foi realizada biópsia na massa pancreática encontrada para que se chegasse a um diagnóstico. Houve também tentativa de realizar Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscópica, entretanto o procedimento foi interrompido em razão da redução de lúmem e fixação duodenal.

A partir do exame histopatológico, concluiu-se que se tratava de Linfoma não Hodgkiniano de alto grau, infiltrando a mucosa gástrica do paciente. Foi indicado então o tratamento através de quimioterapia intratecal, para proteger o sistema nervoso central, com dois ciclos de ciclofosfamida. O paciente se encontra atualmente em estado anictérico, ou seja, pele de estado normal e sem a presença de massa pancreática.

O Dr. Joaquim Ribeiro finalizou sua apresentação alertando para o fato de que, por muitas vezes, o procedimento cirúrgico nesse tipo de linfoma é utilizado desnecessariamente, quando não há realização prévia de biópsia. Além do alto índice de mortalidade apresentado em cirurgias, a maioria dos pacientes responde bem ao tratamento quimioterápico.

Em seguida, foi aberta a rodada de perguntas e debates, na qual os Acadêmicos presentes discutiram o assunto apresentado e tiraram dúvidas a respeito do diagnóstico, do tratamento e do que se espera da recuperação do paciente. Ao final, os Acadêmicos Orlando Marques Vieira e Carlos Alberto Basílio comentaram detalhes do caso e a evolução diagnóstica, que resultou no tratamento bem-sucedido e melhora do paciente. O presidente da Sessão, o Acad. José Manoel Jansen, concluiu com agradecimentos aos presentes e realizadores de mais uma edição do evento.


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150