Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Sessão de 22 de março de 2018 - Mirco Raffaini realiza seminário na Academia Nacional de Medicina

A sessão do dia 22 de março na ANM contou com a presença do especialista italiano, Mirco Raffaini (MD, DDS e PhD), que apresentou palestra sobre a otimização dos resultados na cirurgia orofacial através do tratamento abrangente de rosto. O evento foi organizado pelo Acadêmicos Ricardo Cruz e Silvano Raia, Presidente da Secção de Cirurgia. Os confrades deram início ao seminário apresentando o currículo do convidado internacional.

Raffaini se formou em medicina pela Universidade de Parma, na Itália, em 1983, e especializou-se em odontologia, cirurgia ortognática e cirurgia plástica. Atualmente é professor da Universidade de Florença, além de atuar e atender em sua clínica particular e em alguns hospitais da Itália. O Acad. Silvano Raia fez um breve discurso em agradecimento à presença do cirurgião e cedeu a palavra a seu confrade Ricardo Cruz, para apresentar uma introdução ao tema.

Na mesa diretora, o Acad. Ricardo Cruz, o Dr. Endrigo Bastos, os Acads. Silvano Raia e Jorge Alberto Costa e Silva (Presidente), o Dr. Mirco Raffaini, o Dr. Paulo José Medeiros e o Acad. Walter Araújo Zin

O Acadêmico explicou o que é a cirurgia ortognática e quais as principais indicações para o procedimento. Segundo ele, trata-se de um procedimento cirúrgico estético-funcional que visa reestabelecer um padrão facial normal em pacientes adultos que apresentam alterações no desenvolvimento ósseo facial através da manipulação cirúrgica de elementos do esqueleto facial. Versou, ainda, sobre a evolução do tratamento desde sua criação ressaltando que, atualmente, Mirco Raffaini é uma das maiores referências da especialidade no mundo.

Ao iniciar sua palestra, o convidado agradeceu, em português, a honra de receber o convite para realizar a conferência na ilustre instituição, e se desculpou por não estar apto a realizá-la na língua portuguesa. Começou sua comunicação esclarecendo que traria uma abordagem simplificada do assunto, para a melhor compreensão de todos os presentes, especialistas ou não. Em seguida, o cirurgião citou os aspectos estéticos que a cirurgia proporciona ao paciente e mencionou o desejo que a população tem de alcançar determinados padrões de beleza, tornando este um dos principais motivos pela busca do tratamento.

O especialista comentou também seus aspectos funcionais, muitas vezes esquecidos, que incluem a reabilitação global da função mastigatória, fonatória, respiratória e da articulação temporomandibular. Tanto os objetivos estéticos quanto os funcionais são indissociáveis e contemplados pelo tratamento.

Segundo ele, os pacientes indicados para realização da cirurgia podem apresentar quadros de prognatismo (mandíbula grande), retrognatismo (mandíbula pequena), assimetrias maxilares, atresia de maxila (mordida cruzada), disfunção da articulação temporomandibular ou problemas respiratórios como ronco e apneia obstrutiva do sono.

O Dr. Mirco Raffaini (ao centro) entre os Acads. Pietro Novellino e Rossano Fiorelli

Explicou, em seguida, as três fases do tratamento. A primeira delas consiste no preparo cirúrgico e na organização da estrutura de tecidos duros através do uso de aparelho ortodôntico fixo, para posicionar adequadamente queixo e dentes, podendo ser necessário também o tratamento de cáries, a extração de dentes, fonoterapia e psicoterapia. A segunda fase do tratamento consiste na cirurgia propriamente dita, onde há alteração morfológica dos tecidos do queixo, nariz e mandíbulas. Já a terceira fase é o pós-operatório, finalização ortodôntica, pequenas correções como restaurações nos dentes. Eventualmente, enxertos para preenchimento de bochechas, mandíbulas e queixo são realizadas para que se alcance o resultado esperado.

O cirurgião concluiu sua apresentação demonstrando alguns casos clínicos, incluindo impressionantes fotos do “antes e depois” dos pacientes. A conferência foi finalizada com uma enérgica rodada de perguntas e respostas, da qual participaram, além dos Acadêmicos presentes, os Drs. Endrigo Bastos (Universidade de São Paulo) e Paulo José Medeiros (Universidade do Estado do Rio de Janeiro).


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150