Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Sessão de 23 de março de 2017 – Academia Nacional de Medicina homenageia Pedro Monteiro Sampaio em Sessão da Saudade

Acadêmico Pedro Monteiro Sampaio

Parnaíba, PI, 12 de fevereiro de 1924

† Rio de Janeiro, RJ, 8 de julho de 2016

Membro Emérito - Academia Nacional de Medicina, em 24/11/2005

Acadêmicos, familiares, amigos e discípulos do inesquecível Acadêmico Pedro Monteiro Sampaio, expoente da neurocirurgia nacional, se reuniram no Anfiteatro Miguel Couto em celebração de sua trajetória pessoal e profissional no dia 23 de março. A Sessão da Saudade, tradicionalmente realizada em memória dos Acadêmicos falecidos, foi marcada por um anfiteatro repleto e por discursos emocionados, proferidos por todos aqueles que tiveram o privilégio de conviver com o insigne mestre.

Abrindo os discursos da cerimônia, o Acadêmico Felippe Mattoso lembrou que ele e o homenageado ingressaram na Academia Nacional de Medicina de maneira quase que simultânea: Pedro Sampaio em 1980 e ele em 1983. Discorreu sobre a natureza enérgica do Acadêmico, que, segundo Felippe Mattoso, tinha o costume de nunca se sentar durante as reuniões de sua equipe médica. Era também digna de admiração sua força – depois de longos debates, as decisões médicas que tomava eram inabaláveis. O Acadêmico afirmou que foi graças à sua competência, obstinação e carisma que Pedro Sampaio viveu uma vida rica e plena, conquistando mais que discípulos, mas amigos leais por onde passou.

Na sequência, o também Acadêmico Carlos Telles prestou sua homenagem àquele a quem chamou de “Chefe”. Sobre a trajetória pessoal de Pedro Sampaio, ressaltou que, desde muito cedo, elegeu a neurocirurgia como especialidade, se dedicando com afinco até seus últimos dias. Destacou, ainda, que a intensa atividade profissional e intelectual nunca o afastou da família e de seus amigos – “não será este o segredo para o sucesso?”, arguiu o Acadêmico. O discurso foi encerrado com poesia de Francisco Otaviano:

“Quem passou pela vida em branca nuvem

E em plácido repouso adormeceu,

Quem não sentiu o frio da desgraça,

Quem passou pela vida e não sofreu,

Foi espectro de homem, e não homem,

Só passou pela vida, não viveu. ”

A cerimônia se encerrou com palavras dos também Acadêmicos Karlos Celso de Mesquita, José Manoel Jansen, Celso Marques Portela e Ricardo Cruz. A esposa de Pedro Monteiro Sampaio, Terezinha, sua companheira de vida, também proferiu emocionadas palavras, agradecendo a todos os presentes pela calorosa homenagem.

No encerramento, o Presidente Acadêmico Francisco Sampaio, discorreu um pouco sobre seu relacionamento com Pedro Sampaio (a quem ele chamava de “tio” – não eram parentes apesar do mesmo sobrenome) e relatou alguns fatos pitorescos de seu convívio.

Pedro Monteiro Sampaio nasceu em 12 de fevereiro de 1924, em Parnaíba, Piauí. Graduou-se na Faculdade Nacional de Medicina, pela antiga Universidade do Brasil e era Professor Emérito de Neurocirurgia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Ao longo de sua carreira, ganhou diversas condecorações, como as medalhas de honra da World Federation of Neurosurgical Societies, da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia e do Núcleo Central do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Também ganhou a medalha do Mérito Naval e o título de Cidadão Honorário do Rio de Janeiro.

Foi Professor Titular e Chefe do Serviço de Neurocirurgia do Hospital Pedro Ernesto, que ajudou a organizar. Sua profícua vida acadêmica conta com mais de 140 trabalhos científicos publicados e a participação em mais de 500 eventos acadêmicos.

O Acadêmico Pedro Monteiro Sampaio trabalhou ininterruptamente no seu consultório particular até poucos dias antes do seu falecimento, mantendo também sua assiduidade nas Sessões da Academia Nacional de Medicina. Compareceu à Sessão do dia 2 de julho e alguns dias depois sentiu-se mal e foi internado com complicações de insuficiência renal, vindo a falecer no dia 08 de julho de 2016.


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150