Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Aurélio Monteiro (Cadeira No. 68)

Membro Titular

Secção de Cirurgia

Cadeira No. 68 - Patrono: Arnaldo Tertuliano de Oliveira Quintella

Eleito: 23/05/1978 - Posse: 15/06/1978 - sob a presidência de Deolindo Augusto de Nunes Couto

Saudado por: Ugo Pinheiro Guimarães

Antecessor: Rolando Monteiro

Falecido: 04/10/1995

Nasceu em 20 de junho de 1916, no Rio de Janeiro (RJ).

Filho de Adriano Jeronymo Monteiro e Dolores Duran Monteiro.

Graduou-se em Medicina pela Faculdade Nacional de Medicina da Universidade do Brasil (1937). Doutor em Medicina (1946) e Especialista em Ginecologia e Obstetrícia (Associação Médica Brasileira-FEBRASGO), em 1968.

Na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, foi Assistente de Ensino (1941-1944); Docente de Ginecologia (1947) e Professor Catedrático Interino de Ginecologia (1945-1956). Professor Adjunto de Ginecologia a partir de 1956; Regente de curso de Ginecologia em 1962 e 1963; Chefe de Clínica da Cadeira de Ginecologia de 1962 a 1972. Professor Titular em exercício de Ginecologia de (1972-1977) e Professor do curso de Pós-Graduação (Mestrado) de Endocrinologia. Professor da Disciplina de Endocrinologia Ginecológica, de 1975 a 1977.

Já na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, foi Interno Oficial (1935-1937); Assistente de Ensino (1941-1958); Docente de Ginecologia (1946); Professor Adjunto (1959-1973); Chefe de Clínica (1960-1969) e Professor Catedrático de Ginecologia em 1963, em substituição ao Professor Arnaldo de Moraes.

Na Escola médica do Rio de Janeiro (Universidade Gama Filho) foi Professor Regente de Ginecologia durante os anos de 1969 e 1970.

Ganhou diversos prêmios, dentre eles: Prêmio Fernando Vaz da Academia Nacional de Medicina (1941); Prêmio Madame Durocher, de Ginecologia e Obstetrícia, da Academia Nacional de Medicina (1947); Prêmio de Ginecologia da Sociedade Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro (1939); Prêmio de Cirurgia da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro (1945); Prêmio de Ginecologia Maurity Santos da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro (1946) e Medalha Clementino Fraga, conferida pelo governo do Estado do Rio de Janeiro (1975).

Participou de congressos nacionais, mesas redondas, temas livres, palestras internacionais e seminários. Recebeu homenagens dos alunos da UDF, UEG e UERJ. Foi Membro Titular de diversas Sociedades Médicas, como o Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Publicou artigos científicos e livros.

Na ocasião de sua candidatura a Membro Titular da Academia Nacional de Medicina, apresentou memória intitulada “Carcinoma Inicial de Mama – Opções Terapêuticas”.

Faleceu em 04 de outubro de 1995.


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150