Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Augusto Paulino Soares de Souza (Cadeira No. 39)

Membro Titular

Secção de Cirurgia

Patrono da Cadeira No. 39

Eleito: 27/05/1909 - Posse: 08/07/1909 - Sob a presidência de Marcos Bezerra Cavalcanti

Saudado por: Fernando Augusto Ribeiro de Magalhães

Emérito: 04/11/1943

Falecido: 08/03/1962

 

 

O Dr. Augusto Paulino Soares de Souza nasceu em 4 de setembro de 1877, no Rio de Janeiro, filho de Paulino José Soares de Souza e D. Maria Amélia da Silva Soares de Souza.

Formou-se em medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1899, apresentando a tese intitulada “Cirurgia da pleura e do pulmão”. Durante o curso médico, acompanhou, na Anatomia Médico Cirúrgica e na Clínica Cirúrgica, o ilustre Professor Augusto Brant Paes Leme, de quem se tornou discípulo favorito, adquirindo dele os dotes de exímio desenhista, além de anatomista. Prova disto é a sua tese de doutoramento, assunto que, à época, era ainda muito pouco explorado na literatura médica.

Foi nomeado, no ano seguinte, cirurgião efetivo da Santa Casa de Misericórdia e da Associação dos Empregados do Comércio, tendo exercido, nesta última, durante muitos anos, o cargo de Diretor dos Serviços Clínicos.

Foi um pioneiro em várias modalidades cirúrgicas. Operou, em 1902, a primeira apendicite aguda no Rio de Janeiro.

Foi eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina, em 1909, apresentando a memória intitulada “Do valor das localizações em cirurgia cerebral”, trabalho pioneiro em neurocirurgia à época, e onde exerceu vários cargos, inclusive o de Vice-Presidente, em 1934. Foi transferido para a classe de Emérito, em 1943, e é o Patrono da Cadeira 39.

Em 1916, foi designado Professor Catedrático de Clínica Cirúrgica, sucedendo seu mestre Paes Leme, por dois terços da congregação da Faculdade de Medicina. Tomou posse, em 1911, como Chefe da 15ª Enfermaria da Santa Casa de Misericórdia, chefia esta ocupada, mais tarde, por seu filho, Prof. Augusto Paulino Filho, também acadêmico da ANM.

Ensinou, na Santa Casa e na Faculdade de Medicina, de 1910 a 1945, quando foi jubilado por limite de idade de sua cadeira de Clínica Cirúrgica da Faculdade de Medicina da então Universidade do Brasil, tornando-se Professor Emérito algum tempo depois.

Em 1932, foi nomeado por concurso Professor de Clínica Cirúrgica da Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro, aposentando-se em 1949. Foi Diretor da referida Escola, de 1946 a 1948.

Foi Membro Fundador do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da Sociedade Brasileira de Urologia, tendo sido seu Presidente. Entre outras sociedades de que foi membro, podemos citar o Colégio Americano de Cirurgiões, o Colégio Internacional de Cirurgiões, Honorário da Academia Brasileira de Medicina Militar, onde é o Patrono da Cadeira 79, Honorário da Sociedade Brasileira da História da Medicina. É, ainda, o Patrono da Cadeira 28 da Academia de Medicina do Estado do Rio de Janeiro.

Formou uma escola de cirurgia com assistentes ilustres em todo o Brasil. Foram membros da Academia Nacional de Medicina os cirurgiões Sylvio d'Avila, Paulo Niemeyer, Fernando Paulino (seu filho), Augusto Paulino Netto (seu neto), Lucio Galvão e outros.

Em sua vasta bibliografia, citam-se: “Lições de anatomia médico-cirúrgica da boca”, “Lições de clínica cirúrgica”, “Urologia”, “A propósito de duas craniectomias”, “O problema da amputação imediata”, “Anestesia cirúrgica”, “O exame do doente e do diagnóstico em cirurgia”, “Patologia cirúrgica” (3 volumes), “Clínica cirúrgica” (2 volumes), “O humanismo médico”, entre vários outros.

Faleceu na sua cidade natal, em 8 de março de 1962.


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150