Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Curso de Atualização da ANM discute o uso de antibióticos - 22 de outubro de 2015

 

No dia 22 de outubro, em aula ministrada pelo Acadêmico Celso Ferreira Ramos Filho, o tema do Curso de Atualização da ANM foi o uso racional de antibióticos na prática clínica. Foram pormenorizados diversos conceitos sobre antibioticoterapia, além de expostos muitos equívocos que ocorrem rotineiramente nos serviços de saúde. Após apresentar um pouco da história da descoberta de algumas substâncias utilizadas em infectologia, o palestrante enumerou regras que deveriam ser observadas para a correta utilização de antibióticos:

A medicação só deve ser utilizada quando necessária e, por isso, o Acadêmico Celso Ferreira Ramos Filho destacou a relevância do diagnóstico correto. Ratificou a importância da anamnese e do exame físico e lembrou que alguns questionamentos não devem faltar numa boa história da doença: presença de febre; tipo e localização da dor; história pregressa de doenças e vacinações; coleta de dados epidemiológicos. Ainda acerca do diagnóstico, o palestrante afirmou que os dados laboratoriais que mostram a fase aguda de uma infecção, como hemograma, VHS, PCR e outros, são fundamentais, assim como os exames que têm o objetivo atingir um diagnóstico etiológico, como a cultura, os exames sorológicos e a pesquisa de antígenos.

A sensibilidade e resistência do agente causal à medicação também são fatores que devem ser considerados. O Acadêmico Celso Ferreira Ramos Filho utilizou o exemplo do Staphylococcus aureus resistente à meticilina (geralmente referido pelas siglas SARM ou MRSA) tanto em ambiente hospitalar, quanto em ambiente comunitário. Sobre a escolha de uma droga (ou associações de drogas) bactericida ou bacteriostática, o palestrante afirma ser vital a compreensão da farmacocinética da droga. Aspectos como vias de administração, distribuição, tempo para se iniciar o efeito da droga, duração do efeito, metabolização e eliminação são cruciais para esta decisão.

O palestrante debateu, com os alunos, casos clínicos e condutas referentes ao local do processo infeccioso, à gravidade do caso, à dose recomendada e à duração do tratamento. Em seguida, recordou que adaptar a terapêutica ao estilo de vida e ao cotidiano do paciente, além de considerar os custos da medicação, é extremamente importante para aderência do paciente ao tratamento. Por fim, o Acadêmico Celso Ferreira Ramos Filho resumiu a utilização racional de antibióticos na prática clínica da seguinte forma: medicação com máxima eficácia contra um patógeno definido usada apenas pelo tempo necessário e com menor impacto sobre o paciente, a comunidade e a ecologia.

O Acadêmico Celso Ferreira Ramos Filho é graduado em Medicina e especialista e Mestre em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela UFRJ. Especialista em Epidemiologia Clínica pela Universidade de Newcastle (Austrália), é Professor adjunto da UFRJ e da Faculdade de Medicina da Fundação Souza Marques. Consultor de órgãos como OMS, UNAIDS, ANVISA, CREMERJ e Ministério da Saúde, foi vice-presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT) e da Associação Médica Brasileira (AMB). Foi Presidente da Sociedade de Infectologia do RJ e da Sociedade Brasileira de Infectologia. 


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150