Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Academia Nacional de Medicina discute avanços na cirurgia do rejuvenescimento facial na virada do século XXI - Sessão de 22 de outubro de 2015

 

Ainda no programa da ANM da última quinta-feira, 22 de outubro, foi apresentada a conferência “A Evolução da Cirurgia do Rejuvenescimento Facial na Virada do Século XXI - O Período Dourado”, proferida pelo Prof. Brunno von Ristow, Chefe Emérito de Cirurgia Plástica do Califórnia Pacific Medical Center, em San Francisco (EUA).

Recentemente eleito Honorário Estrangeiro da Academia Nacional de Medicina, Brunno von Ristow nasceu em Brusque (SC), mas desenvolveu sua carreira nos Estados Unidos. Formado em 1966 na UFRJ, iniciou seus treinamentos com o Acadêmico Ivo Pitanguy e, na sequência, foi aprovado como residente no Programa de Cirurgia Geral do The New York Hospital - Cornell Medical Center. Entre 1971 e 1973, fez residência no Instituto de Cirurgia Plástica Reconstrutiva da New York University (NYU). A partir de 1973, depois de se mudar para San Francisco, passou a trabalhar no California Pacific Medical Center, se tornando, em 1974, Chefe de Cirurgia Plástica da instituição. O Prof. Brunno von Ristow sempre foi reconhecido, ao longo de sua vida profissional, por excelentes resultados em cirurgias de rejuvenescimento facial, em virtude de sua difícil detecção por manter uma aspecto natural nos pacientes, e por seu pioneirismo em novas técnicas cirúrgicas, transformadas em práticas padrão na atualidade.

Mesa Diretora: Acadêmicos Antonio Nardi, Francisco Sampaio, Cláudio Ribeiro e Claudio Cardoso

A evolução destas técnicas foi o tema principal da apresentação, rica em imagens e em comparações “antes e depois”. O palestrante iniciou afirmando que, ao se mudar de Nova York para San Francisco, acreditava, erroneamente, que conhecia bastante sobre a cirurgia de rejuvenescimento facial e que se mostraria bastante diferente realizar uma plástica em Nova York, cidade de 9 milhões de habitantes, e em San Francisco, com cerca de 800 mil moradores, onde, quando o trabalho cirúrgico não era perfeito, todos notavam e comentavam.

De acordo com o Prof. Brunno von Ristow, o padrão de cirurgia que se fazia no início dos anos 1970 não era excelente e os pacientes ficavam insatisfeitos, principalmente, com o deslocamento completo das linhas naturais do cabelo, o que influenciava, inclusive, o crescimento dos fios. Neste sentido, o conferencista passou, então, a mostrar o processo de evolução da cirurgia plástica ao longo do tempo, com o objetivo de resolver estes problemas crônicos.

O Prof. Brunno von Ristow apresentou, em detalhes, algumas práticas: uma que permite o não deslocamento das linhas do cabelo, agradando muito mais os clientes, e outra que não deixa evidente o rejuvenescimento peri-oral e ocular por ser feita internamente, com cuidados com as veias e com o excesso de pele.

Rejuvenescimento peri-oral, peri-orbital e pescoço

Rejuvenescimento facial sem deslocamento da linha de implante de cabelo

Além destas, também discorreu sobre as técnicas de Anatomia Simples (com foco na posição dos nervos), SMAS (sistema músculo aponeurótico superficial) e de transferência de gordura e de rebalanceamento de volume (que evita a sensação de achatamento de face).

Rejuvenescimento facial usando o sistema músculo aponeurótico superficial

Rejuvenescimento facial com transferência de gordura

Por fim, o Prof. Brunno von Ristow expôs as possibilidades de avanço para o futuro. Primeiro, a transferência de células-tronco, que demanda extremo cuidado, para a aplicação no rejuvenescimento facial. Segundo o Prof. Von Ristow, as células senescentes, que ficam velhas, envenenam o ambiente ao redor e podem causar osteoartrite, aterosclerose, Parkinson e alguns tipos de câncer. Segundo ele, diante da necessidade de reduzir estas células, estudos mostram que duas drogas são promissoras para a cirurgia plástica: a quercetina e o desatinibe.

Diante de um auditório repleto de Acadêmicos, médicos, estudantes e convidados não médicos, a conferência foi bastante elogiada durante o debate mediado pelo Presidente Francisco J. B. Sampaio, que afirmou ser o Prof. Von Ristow uma das maiores autoridades em rejuvenescimento facial do mundo, tendo criado diversos conceitos muito sólidos que são utilizados por todos os cirurgiões.

Acadêmico Claudio Cardoso de Castro e Professor Brunno von Ristow