Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Pietro Novellino é empossado como Honoris Causa da Academia de Filosofia (Jornal do Brasil)

O presidente da Academia Nacional de Medicina (ANM), Professor Pietro Novellino foi empossado na tarde desta quinta-feira (25) como doutor Honoris Causa da Academia Brasileira de Filosofia (ABF). Emocionado e surpreso, Novellino recebeu a honraria, assistido por colegas e amigos acadêmicos. João Ricardo Moderno, presidente da ABF, destacou em conversa com o JB a conjugação das áreas de medicina e filosofia, que é "histórica e milenar".

Novellino está no terceiro mandato como presidente da ANM, e deve deixar a função em julho -- não há reeleição na instituição. Ele destacou a surpresa de receber a homenagem. "Eu me sinto primeiro extremamente feliz. Segundo acho que é um prêmio a uma trajetória de 57 anos de prática de ensino da medicina, principalmente da cirurgia. Então, ser reconhecido numa área, vamos dizer assim, que não é a minha, embora todo médico, como eu chamei atenção no meu discurso, tem que ter a sua base filosófica, é realmente, para mim, uma honra das maiores", destacou ao JB.

"A Academia de Filosofia me deu essa honraria, eu não esperava. Isso será mais um motivo para que eu continue contribuindo para a Medicina do nosso país", completou Novellino.

João Ricardo Moderno, na ocasião, salientou o fato de Novellino já estar no terceiro mandato como presidente da Academia de Medicina e de ter autoconsciência da importância histórica da instituição para a sociedade brasileira. "O Novellino, pelas suas qualidades profissionais, como médico, como cientista, como administrador, pela sua afetividade, pela sua capacidade social, do bom relacionamento, ele se destaca muito."

"A medicina tem origens na filosofia, Hipócrates [considerado por muitos o "pai da medicina"] era um filósofo, e ele {Novellino] fez um belo discurso mostrando como é que até o século 19, recentemente, mais de dois milênios de história da medicina, ela era uma atividade humanista, de pensadores", comentou Moderno.

"Propõe também que a medicina retorne as suas origens milenares, sem prejuízo de continuar com uma forte ligação com a área de ciências naturais, com a tecnologia, mas não perder o lastro histórico humanista, que predominou durante muito tempo, que é a base", completou, destacando então que a conjugação entre medicina e filosofia, apesar de parecer estranha, é histórica e milenar.

O professor Heitor Gurgulino de Souza, presidente da Academia Mundial de Arte e Ciência -- o primeiro latino-americano a ocupar o cargo --, colega e amigo de Novellino há 40 anos, saiu de Brasília para o Rio de Janeiro especialmente para a solenidade. "Eu vejo com muita alegria e muita honra para nós brasileiros porque realmente o Dr. Pietro Novellino é um cidadão brasileiro, cidadão honorário do Rio de Janeiro, da Academia Nacional de Medicina, e mereceu esse Honoris Causa da Academia Brasileira de Filosofia."

Acessea matéria completa e  imagens pelo link:  http://www.jb.com.br/pais/noticias/2015/06/25/pietro-novellino-e-empossado-como-honoris-causa-da-academia-de-filosofia/