Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Acadêmico Walter Zin toma posse com anfiteatro lotado

Em cerimônia concorrida, com o anfiteatro lotado, foi empossado, ontem, 5, o fisiologista, pesquisador e professor Walter Araújo Zin como o mais novo imortal da Academia Nacional de Medicina. Conduzido ao recinto por uma comissão formada pelos acadêmicos Sérgio Augusto Pereira Novis, Marcello André Barcinski, Eliete Bouskela, Oswaldo Moura Brasil do Amaral Filho, Antonio Egídio Nardi e Carlos Alberto Costa de Barros Franco, o Dr. Zin recebeu as insígnias acadêmicas das mãos do presidente da ANM, Professor Pietro Novellino. “Era o salto que me faltava na carreira”, disse o novo acadêmico.

O Acadêmico Walter Araújo Zin passará a ocupar a cadeira 100, de Ciências Aplicadas à Medicina, que pertencia ao Acadêmico Helion Póvoa Filho, falecido em agosto do ano passado, e tem como patrono o Acadêmico Ezequiel Corrêa dos Santos. “A reverência aos antecedentes é uma demonstração cabal da imortalidade acadêmica”, disse o professor Novellino em sua homenagem ao novo confrade. “Seja bem vindo para ajudar na contribuição que esta casa sempre fez para a educação e a melhoria da sociedade”.

Ao saudar o novo imortal, em discurso eivado de referências poéticas, o Acadêmico Ricardo José Lopes da Cruz, seu contemporâneo dos tempos de graduação na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), destacou a solidez da formação do novo confrade. “Trata-se do encontro mágico do suor do rosto com a felicidade da conquista”, disse, ao acrescentar a enorme satisfação de reencontrá-lo 43 anos depois de terem frequentado a mesma universidade.

Em seu discurso de posse, o Acadêmico Walter Araújo Zin destacou o esforço que empreendeu na construção de um alicerce profissional que o habilitasse para a condição de membro titular da ANM. Esta saga durou nove meses, desde a sua inscrição para a candidatura acadêmica, e resultou em mais de 100 visitas aos membros titulares da ANM. “Foi uma experiência aprazível e muita rica”, acrescentou.

Em sua peroração, depois de apresentar uma breve biografia de seus antecessores, o Acadêmico Walter Araújo Zin não economizou agradecimentos aqueles a quem atribuiu a sua formação, incluindo, antigos mestres e acadêmicos. Nos agradecimentos à família, o destaque foi para os pais, Walter e Candida Augusta, a esposa Andrea, e as filhas Emília e Olívia.

Nas considerações finais o Acadêmico Walter Araújo Zin alertou para os malefícios da poluição ambiental sobre a saúde humana, que está no seu foco de pesquisas e atuação. Segundo ele, entre 8% a 10% dos tumores malignos de pulmão estão ligados à poluição do ar, especialmente aquela causada pela constante queima de óleo diesel do escapamento dos veículos automotores.

Fotos: Ivanoé Pereira

 

Mesa presidida pelo Professsor Novellino

Presidente Novellino condecora Academico Walter Zin

 

Acadêmico Walter Zin é diplomado pelos Acadêmicos 

Novellino e Marcos Moraes

 

Acadêmico Ricardo Cruz, cumprimenta familiares do Acadêmico

Walter Zin

Pietro Novellino e Walter Zin com esposas

Andrea Zin, Ricardo Cruz e Walter Zin