Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Francisco Julio Xavier

Membro Titular

Secção de Cirurgia

Eleito: 15/05/1832 - Posse: 15/05/1832 - sob a Presidência de Joaquim Vicente Torres Homem

Falecido: 08/12/1850

Nasceu em 16 de fevereiro de 1809, no Estado do Rio de Janeiro. Filho de Francisco Júlio Xavier, cirurgião-mor da armada e cirurgião da Imperial Câmara.

Concluiu um curso da antiga Academia Médico-Cirúrgica em 1827, e doutorou-se pela Faculdade de Medicina de Paris em 1831 defendendo tese intitulada “Dissertação sobre a hepatite”. Em Paris, recebeu o annulum aureum concedido aos que consagravam o exercício da medicina.

Foi eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1832, apresentando a Memória intitulada “Hepatite”. Colaborou como autor e redator da Revista Fluminense de Medicina e nos Anais da Academia Imperial de Medicina.

Tornou-se o primeiro professor da cadeira de Partos na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1832 e atuou como professor da cadeira de partos da Academia Médico-Cirúrgica em 1833.

Se destacou como parteiro e deixou como discípulos o Dr. Luís da Cunha Feijó e Madame Durocher. Além disso, foi deputado provincial do Rio de Janeiro em duas legislaturas.

Publicou vários trabalhos de sua especialidade, dentre estes “Memória sobre o cancro” (1832), “Feridas penetrantes” (1832), “Considerações sobre os cuidados e os socorros que se devem prestar aos meninos por ocasião do seu nascimento e sobre as vantagens do aleitamento maternal” (1833), “Criação de um hospital de Maternidade” (1845), “Relatório sobre a febre amarela” (1850).

Recebeu a condecoração de Cavaleiro da Ordem de Cristo e saindo três dias depois de sua morte o decreto que o nomeava Oficial da Ordem da Rosa por serviços prestados na epidemia da febre amarela.

Faleceu em 8 de dezembro de 1850.


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150