Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

José Pereira Guimarães

Membro Titular

Eleito: 16/03/1866 - Posse: 13/04/1868 – Sob a presidência de José Pereira Rego (Barão do Lavradio)

Falecido: 21/03/1915

Nascido a 1º de outubro de 1843, no Rio de Janeiro. Filho de Manoel Pereira Guimarães e D. Maria Miguel de Figueiredo. Graduou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1864, defendendo tese de doutoramento intitulada “Qual a Natureza dos Tratamentos das Urinas Leitosas, ou Quilúria e a Razão de sua Frequência nos Países Tropicais. Hipoemia Intertropical. Cancro Venéreo. Do Exercício da Medicina e da Farmácia Quanto à Responsabilidade dos Profissionais”.

Opositor de Ciências Cirúrgicas em 1871. Lente Catedrático de Anatomia em 1881. Jubilado em 1891. Cirurgião da Armada em operações no Paraguai, tomou parte na batalha naval de Riachuelo como médico da “Belmonte”. Chefe do Corpo de Saúde Naval. Contra-Almirante.

Diretor do Hospital da Marina (interino) de 1893 a 1895 e da Inspetoria de Saúde Naval, de 1907 a 1911.

Cirurgião do Hospital da Misericórdia, da Beneficência Portuguesa e da Ordem 3ª de São Francisco de Paula. Presidente da Sociedade de Medicina e Cirurgia; Membro da Societé de Chirurgie de Paris, da Sociedade de Medicina de Lisboa, da Academia Real de Ciências.

Comendador das Ordens do Cruzeiro e da Rosa. Comendador de Cristo de Portugal. Grande Oficial da Ordem de Simão Bolivar. Medalha de bravura militar. Medalha de Corrientes. Medalha da Batalha Naval de Riachuelo. Medalha da Campanha Geral do Paraguai. Medalha do Uruguai. Medalha da Argentina.

Escreveu “Das Operações Reclamadas pela Retenção de Urina. Do Tratamento dos Estreitamentos da Uretra” (1871); “Paralelo entre a Desarticulação da Coxa e a Ressecção da Articulação Coxo-femural” (1868), dentre outros.

Na ocasião de sua posse na Academia Nacional de Medicina, apresentou memória intitulada “Paralelo entre a Desarticulação da Caixa e a Descisão do Fêmur na Articulação Coxo-Femoral”. Na instituição, foi Presidente da Secção Cirúrgica (1885-1886).

Faleceu a 21 de março de 1915 em sua residência, contando 71 anos de idade.

Agenda
    Em maio
  • 30/5/2017 - 20:00 - Sessão Solene de Posse de Honorário Nacional - Dr. Miguel Srougi