Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Amaro Ferreira das Neves Armond (Cadeira No. 50)

Membro Emérito

Secção de Medicina

Cadeira No. 50 - Patrono: Antônio Fernandes Figueira

Eleito: 22/08/1901 - Posse: 10/10/1901 – Sob a presidência de Nuno Ferreira de Andrade

Saudado por: Nuno Ferreira de Andrade

Emérito: 09/05/1940

Falecido: 06/03/1944

Nasceu em 1854, em Vitória, no Estado do Espírito Santo. Filho do professor e jornalista Manuel Ferreira das Neves e de D. Rosa das Neves.

Doutorou-se pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1874, defendendo a tese intitulada “A Educação Física e Moral da Mocidade no Rio de Janeiro e sua Influência sobre a Saúde”.

Em 1878, prestou assistência a vítimas de febre amarela em Paranaguá, no Paraná, onde recebeu expressões de estima e gratidão do povo e da imprensa. Em 1881, era preparador de botânica e biologia médica na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, onde comandou a prática de ensino de mais de 560 alunos.

Em 1883 foi enviado pelo governo a Saquarema para mais uma vez debelar contra tal doença, e nesta ocasião foi nomeado médico adjunto do Hospital da Gamboa. Dois anos depois, em 1885, tornou-se diretor e professor da Seção de Botânica do Museu Nacional. Foi por diversas vezes diretor interino da instituição, onde organizou uma exposição de plantas medicinais do Brasil, anexa à Exposição Internacional de Higiene, realizada por ocasião do Congresso Médico Latino-Americano, em 1908.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1901, e, tornou-se Membro Emérito em 1940.

Catalogou várias espécies de vegetais originárias do interior do Brasil e colaborou com a Flora Brasiliense de Carl Friedrich Philipp von Martius (1794-1868), um importante botânico alemão. Em sua homenagem, o Museu Botânico de Berlim denominou Neves-armondia cordifolia K. Schum a uma espécie vegetal.

Foi homenageado tendo seu nome em um logradouro público, Rua Neves Armond, no bairro de Bento Ferreira, no Estado do Espírito Santo.

Faleceu em 6 de março de 1944, aos 91 anos, no Rio de Janeiro.