Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Aloysio de Salles Fonseca (Cadeira No. 20)

Membro Emérito

Secção de Medicina

Cadeira No. 20 - Patrono: Francisco de Paula Cândido

Eleito: 30/11/1961 - Posse: 14/06/1962 – sob a Presidência de Olympio Oliveira Ribeiro da Fonseca

Saudado por: José Valente Collares Moreira

Antecessor: Henrique de Britto Belford Roxo

Emérito: 01/08/2002

Falecido: 28/04/2007

Presidente da Academia Nacional de Medicina - 1983 a 1985, 1987 a 1989 e 1999 a 2001

O Dr. Aloysio de Salles Fonseca nasceu no Rio de Janeiro em 16 de dezembro de 1918. Filho de José de Salles Fonseca e Anna de Salles Fonseca.

Formou-se em Medicina pela Faculdade Nacional de Medicina da Universidade do Brasil (atual UFRJ) em 1940. Logo após a sua formatura, instalou um consultório médico na farmácia de seu pai, nas proximidades do Morro da Mangueira, além de trabalhar como assistente voluntário e Professor do Genival Londres, no Hospital Souza Aguiar.

Em 1944 dirigiu o Serviço Médico do Centro Nacional de Ensino e Pesquisas Agronômicas (atual UFRRJ), realizando pesquisas e campanhas sanitárias, muitas das quais em convênio com o Serviço Nacional de Malária da época. Foi também Chefe do Serviço de Clínica Médica do Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro.

Foi eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 14 de junho de 1962 apresentando Memória intitulada “Policitemia Vera” e, tornou-se Membro Emérito em 2002. Ocupou vários cargos da Diretoria e foi Presidente em três biênios diferentes, 1983-85, 1987-89 e 1999-2001.

Presidiu o Congresso Internacional de Educação Médica, ano 2000 (ANM), elaborando precioso volume comemorativo. Na sua segunda gestão obteve a doação do terreno lateral ao prédio da Academia que ocupa agora (2011) o novo Prédio-sede em final de construção (Centro da Memória Médica Nacional).

, O Dr. Salles Fonseca foi um dos fundadores e idealizadores do Hospital dos Servidores do Estado (HSE). Além disso, foi Diretor do INAMPS, Professor Titular de Clínica Médica da Universidade Federal Fluminense (UFF) onde foi Diretor da Faculdade de Medicina, Diretor do Hospital Universitário Antônio Pedro da UFF, Membro do Conselho Nacional do Ministério da Saúde, Presidente da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro, da Federação Pan-Americana de Faculdades/Escolas Médicas, da Associação Brasileira de Escolas Médicas e Membro correspondente estrangeiro da Academia Venezuelana de Medicina.

Ele implantou seu Plano de Reforma da Assistência Médica na Previdência Social, denominado Plano do CONASP, cujas Ações Integradas de Saúde constituem a espinha dorsal da Reforma Sanitária Brasileira, ora em vigor. Ocupou, interinamente, o Ministério da Assistência e Previdência Social.

Professor Emérito da Faculdade de Medicina de Teresópolis. Professor Honoris Causa da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco.

Foi agraciado pelo Governo Brasileiro com as Comendas da Ordem do Rio Branco, da Ordem do Mérito Médico Nacional, da Ordem do Mérito Naval e da Ordem do Mérito Aeronáutico. Condecorado com a medalha de Honra Presidente Juscelino Kubitschek do Estado de Minas Gerais.

Faleceu em 28 de abril de 2007.