Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Alfredo Piragibe

Eleito: 20/10/1873 - Posse: 24/11/1873 - Sob a presidência de José Pereira Rego (Barão do Lavradio)

Saudado por Aristides Francisco Garnier

Falecido: 13/07/1897

 

Alfredo Piragibe nasceu na cidade do Rio de Janeiro a 9 de junho de 1847, Filho de Vicente Ferreira da Costa Piragibe e de dona Cândida Jesuina da Costa Piragibe, recebeu o grau de bacharel em letras no imperial Colegio Pedro II em dezembro de 1864.

Doutorou-se em medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro no ano de 1870 defendendo a tese “Ferimentos por armas de fogo”

Eleito Membro Titular da Academia Imperial de Medicina em 1873 apresentando Memória intitulada “ Breves considerações sobre a Vacina”

Dr. Alfredo Piragibe era especialista em vacina e legislação sanitária. Trabalhou no Instituto Vacínico do Imperio de 1872 até 1878 onde exerceu os cargos de vacinador supranumerário e membro da Junta de Higiene. Foi membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e reitor do Internato do Ginásio Nacional (Colégio Pedro II); Foi condecorado como Cavaleiro da Ordem de Cristo de Portugal por serviços médicos prestados a este reino.

Publicou entre muitos outros trabalho: “Do rheumatismo e seu tratamento” - dissertação, seguida de proposições sobre: Aborto criminoso; Indicações e contra-indicações dos saes de quinino nas pyrexias mais frequentes no Rio de Janeiro; “Communicações sobre a vaccina, feitas à Academia Imperial de Medicina do Rio de Janeiro durante o ano de 1875”; “Da inoculação variólica post vaccinam” - casos de varíola, se manifestando pouco depois da vacinação; “Notícia histórica sobre a legislação sanitária do Império do Brasil desde 1822 até 1878”.

Faleceu no Rio de Janeiro no dia 13 de julho de 1897.