Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Microcirurgias que recuperam movimentos

 

As microcirurgias reconstrutivas nos nervos que partem da medula espinhal e que fazem as ligações nos membros superiores e permitem os movimentos dos braços, por exemplo, tiveram um avanço inigualável nos últimos 10 a 15 anos se comparado a tudo que foi feito ao longo de todo o século 20, ressaltou o médico João Recalde, do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into). A grande maioria dos casos submetidos a esse tipo de microcirurgia, explica o médico, é decorrente de lesões ocorridas em acidentes de motocicletas.

De acordo com os últimos dados disponíveis do Ministério da Saúde houve, em 2011, 155.656 internações por acidentes de trânsito, com custo de R$ 205 milhões. Os acidentes de moto corresponderam a cerca da metade, totalizando um gasto de R$ 96 milhões.

Segundo dados do Sistema de Informações de Mortalidade, do Ministério da Saúde, houve um incremento de mais de 260% no número de mortes em acidentes de trânsito com motos no Brasil em 10 anos. Em 2011, foram 11.268 mortes no país, contra 3.100 usuários de motos mortos em 2001.

No mesmo período, a frota brasileira de motos aumentou 300%, segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas e Similares, com base em números divulgados pelo Departamento Nacional de Trânsito.

João Recalde é subchefe do Centro de Microcirurgia Reconstrutiva e Cirurgia Plástica Reparadora do Into e falou na Academia Nacional de Medicina no dia 14/11/2013 sobre as novas técnicas de microcirurgias que contribuem para que os pacientes recuperem os movimentos dos braços, cotovelos e mãos.

Agenda
    Em maio
  • 30/5/2017 - 20:00 - Sessão Solene de Posse de Honorário Nacional - Dr. Miguel Srougi