Academia Nacional de Medicina

Av. General Justo, 365, 7° andar, Rio de Janeiro - 20.021-130 - Tel: (21) 3970-8150
Busca


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Rejuvenecimento facial - Expectativas e cuidados

"O belo ficar mais belo é sempre o desejável e, por outro lado, deve-se temer e tomar cuidado para que o feio não fique mais feio”, disse o acadêmico e cirurgião plástico Cláudio Cardoso de Castro, em conferência sobre rejuvenecimento facial, na sessão científica da Academia Nacional de Medicina, realizada no dia 09/05/2013. “É imprescindível sempre pesar na balança os prós e contra de cada cirurgia plástica”, ressaltou.

As técnicas se diferenciam muito e cada indivíduo deve ter o planejamento de sua cirurgia de forma única, levando-se em conta fatores hereditários, idade, tonalidade da pele, estrutura óssea, procedimentos cirúrgicos, pois esses fatores terão repercussão no resultado da cirurgia, explicou Cardoso de Castro.

Ilustrado por fotos, o acadêmico explicou alguns casos e ressaltou que o planejamento pré-cirurgico deve levar em conta uma série de outros componentes como o tempo de cirurgia e recuperação, o potencial de complicações, a qualidade do resultado e a durabilidade do efeito. Estes são alguns aspectos técnicos e outros filosóficos que devem ser pesados também nessa balança, disse.

O acadêmico ainda falou sobre os diferentes processos de envelhecimento e as cirurgias que se realizam em pacientes com idades que variam entre 40 a mais de 70 anos. Ele abordou ainda questões relativas às expectativas de cada paciente e a avaliação do resultado. Segundo ele, a avaliação deve ser feita pelo cirurgião, dentro da sua especialidade, aliada à satisfação do paciente que sofre interferência de familiares e amigos. 

Por fim, ainda questionou sobre prazos de uma cirurgia plástica. “Isso também varia muito e depende de alguns desses fatores já citados somados a outros como os emocionais, nutricionais e cuidados de cada um”, disse o acadêmico. Vale esclarecer, que nenhuma técnica jamais irá parar o processo de envelhecimento. “E lembrar sempre que o efeito é temporário e uma sequela pode ser permanente”, concluiu.


O acadêmico Cláudio Cardoso de Castro fala sobre rejuvenecimento
Agenda