Academia Nacional de Medicina

Português Inglês


Anais da Academia

Veja a última edição do
Anais da academia

Affonso Berardinelli Tarantino (Cadeira No. 10)

Membro Titular

Secção de Medicina

Cadeira No. 10 - Patrono: Pedro Francisco da Costa Alvarenga

Eleito: 19/05/1977 - Posse: 26/07/1977- sob a presidência de Deolindo Augusto de Nunes Couto

Saudado por: Bernardo Henrique de Nunes Couto

Antecessor: Deolindo Augusto de Nunes Couto

Falecido: 15/07/2014

Nasceu em 31 de julho de 1915, em São José dos Campos (SP).

Filho de Aníbal Tarantino e Genesia Berardinelli Tarantino.

Graduou-se pela Faculdade Nacional de Medicina da então Universidade do Brasil, atual UFRJ, em 1938. Durante o curso, foi interno efetivo de Clínica Médica e de Propedêutica Médica. Complementou sua formação em Tisiologia no Instituto Forlanini, da Real Universidade de Roma, na Itália. De volta ao Brasil, dedicou-se à Docência e à Clínica na cidade do Rio de Janeiro, mas foi essencialmente através dos livros que pode desaguar seu imenso conhecimento.

Foi Assistente do Serviço de Clínica Médica da UFRJ (1939), onde fundou, juntamente com Figueira de Mello, o Serviço de Endoscopia Peroral (1947). Também ocupou o cargo de Assistente na Policlínica Geral do Rio de Janeiro (1940) e no do Serviço de Cirurgia Geral do Hospital Nossa Senhora do Socorro (1951).

Livre Docente de Pneumologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado da Guanabara (atual UERJ - 1962), foi também Professor Associado de Doenças Pulmonares da Escola de Pós-Graduação da PUC-Rio (1967) e Professor Titular de Pneumologia da Escola de Medicina da Souza Marques (1972) e da Escola Médica da Universidade Gama Filho (1979).

Foi Chefe do Dispensário Marcos Arruda (1941) e Sanatório Ruy Doria (1942), ambos em São José dos Campos (SP). Também foi médico da Prefeitura do antigo Distrito Federal (1943) e da Legião Brasileira de Assistência (1950), além de Chefe da Clínica de Doenças Pulmonares do Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Comerciários (1945) e Diretor Clínico do Sanatório Jacarepaguá (1946).

Na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, foi Chefe da Clínica do Serviço de Doenças do Tórax (1965) e do Serviço de Pneumologia (1973), além de Diretor Médico do Hospital Geral da instituição (1977).

Foi Membro Fundador da Sociedade Brasileira de Gastroenterologia e também integrou, entre outras, a Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e a Sociedade Brasileira de Tuberculose.

Recebeu a Medalha “Cassiano Ricardo” na Câmara Municipal de São José dos Campos (1979).

Entre seus trabalhos publicados, destacam-se os livros “Tratado de Doenças Pulmonares” e “Repetrechos”.

Faleceu em 15 de julho de 2014.


Av. General Justo, 365, 7° andar
Rio de Janeiro - 20.021-130
Tel: (21) 3970-8150